quinta-feira, 13 de abril de 2017

Lula reage a acusações e diz que “não para no meio do caminho”. Assista


POR FERNANDO BRITO
Em entrevista à Radio Metrópole, de Salvador, o ex-presidente Lula disse que as acusações de executivos da Odebrecht mexeram com seu “brio” e com sua “honra” mais isso lhe deu “mais disposição de brigar”.”Não nasci para parar no meio do caminho”, disse Lula, reafirmando sua disposição de enfrentar as eleições de 2018:
“Eu estou na disputa. Vou disputar se me deixarem disputar e vou provar que esse país pode voltar a ser feliz”
Lula disse estar entristecido com o fato de que se tenha generalizado o dinheiro na política, dizendo preferir que ela seja feita apenas com recursos oficiais, fiscalizados pela Justiça Eleitoral.Mas criticou a hipocrisia com que tudo tem sido tratado, agora desmontada pela presença de seus próprios acusadores:
(…)quando aparecem outros partidos que criminalizaram o PT, primeiro você tem um alívio. A máscara está caindo.
Ele voltou a dizer que está ansioso para que cheque logo o dia de seu depoimento a Sérgio Moro:
“Vou analisar corretamente, ler cada peça do processo para que possa dizer claramente o seguinte: a delação tem que ser provada. Não basta o cidadão falar uma coisa, por mais a sério ou por mais bobagem que seja, tem que provar. Não posso perder a cabeça com cada coisa dessa [acusações]. Tenho noção do que está me jogo neste momento. Hoje vou conversar com meu advogado, vou me preparar para o meu depoimento, vou continuar fazendo política.”
Assista a entrevista, em vídeo.

Nenhum comentário: