quarta-feira, 30 de setembro de 2009

CHARGE

Lula é o segundo mais bem avaliado nas Américas

Lula tenta localizar a popularidade de FHC, só visível com ajuda de aparelhos sofisticados

A "FolhaOnline" deixou essa notícia meio escondida. Mas eu achei: Lula, aquele que nossa mídia quer ver no chão, é o segundo presidente mais bem avaliado das Américas.
Ele, o "apedeuta", só perde para Mauricio Funes, de El Salvador - que, aliás, é casado com uma brasileira filiada ao PT.
O Brasil e Lula estão nas alturas. Menos nos jornais brasileiros, que falam para um público restrito, mal-humorado e, muitas vezes, anti-nacional.
Um público que torce contra o Brasil, um público que torce pro Lula se dar mal em Brasília, em Honduras, em Nova York, em qualquer lugar onde Lula esteja. Mas Lula está nas alturas. E isso depois de sete anos no poder.
---

Policiais federais voltam a pedir saída do diretor-geral e param por 24 horas em protesto

Cerca de 500 policiais federais do Distrito Federal e representantes de sindicatos dos outros Estados voltaram a protestar na manhã desta quarta-feira (30) e estão reunidos em frente ao Ministério da Justiça durante paralisação de 24 horas.
A categoria pede o afastamento do atual diretor-geral da Polícia Federal, Luís Fernando Corrêa, e tenta negociar o reenquadramento dos policiais da terceira para a segunda classe. O último protesto aconteceu em 25 de agosto e terminou sem avanço nas negociações.
Segundo o presidente do Sindicato dos Policiais Federais do Distrito Federal (Sindipol/DF), Claúdio Avelar, o pedido de saída de Luís Fernando Corrêa é unânime entre os policiais. “Nunca houve tanta intervenção política como na administração dele. Queremos realizar um trabalho técnico, mas com ele na administração estamos voltando ao tempo da ditadura”, afirmou.

Leia a íntegra do texto no UOL.
Cadê a investigação sobre o áudio do grampo?
Quando sai a demissão do Protógenes?
Por que não tem mais investigação sobre colarinho branco gordo?
Cadê a investigação sobre as denúncias de tortura a uma empregada doméstica?
Já sabemos tudo sobre os custos do Sistema Guardião?
Cadê a investigação sobre os empreiteiros, citados naquela reportagem da Andréa Michael?

Paulo Henrique Amorim

---

O CRÂPULA...DE NOVO!

Jungmann não faz qualquer papel. Ele faz todos os papéis

O Conversa Afiada recebeu a seguinte denúncia de amigo navegante:
Meu caro, uma informação passada de dentro da TV Globo: Raul Jungmann teve e tem relação muito estreita com a redação da Globo em Brasília.

Durante a CPI dos Grampos, alguns jornalistas da Globo chegaram a reclamar da obrigatoriedade de se ouvir Jungmann e colocá-lo no ar em todas as matérias nas quais o alvo era o delegado Protógenes Queiroz (estratégia, aliás, para lá de idiota).

Hoje, soltaram fogos na TV Globo de Brasília, para qual Jungmann vai trabalhar, informalmente, em Tegucigalpa, ao passar informações internas da Embaixada do Brasil para desmoralizar a diplomacia brasileira.

Ele já avisou que vai obrigar os diplomatas brasileiros a abrirem todas as informações internas, inclusive troca de e-mails, para determinar qual foi a participação brasileira na operação que levou Manuel Zelaya de volta à capital hondurenha.

Um produtor e um repórter do Jornal Nacional ficarão à disposição, com exclusividade, para produzir matérias especificamente com Jungmann em Honduras.

Esse é o estado a que chegamos: a terceirização jornalística por meio de um deputado federal que priva da intimidade da TV Globo na capital do país.


Clique aqui para ler “Jungmann vai a Honduras para tumultuar”
--

Rádio Globo de Honduras está de volta na internet

por Conceição Lemes

Conversei há pouco com a jornalista Heloisa Villela que está em Tegucigalpa:

"A rádio Globo de Honduras está de volta. Por enquanto, apenas pela internet. Mas até sexta ou sábado, David Romero, seu diretor, espera estar no ar novamente.

Segundo Romero, tudo passa pela embaixada americana e pelas forças armadas. Ele conversou com ambos. O Comitê de Direitos Humanos de Honduras entrou com um pedido junto ao governo e conseguiu reabrir o prédio da rádio Globo.

Romero trouxe então alguns computadores, uma mesa de som improvisada e está na na batalha.

O exército prometeu devolver os equipamentos, mas o diretor da rádio Globo não sabe se eles estarão em condições de uso".

Para saber o que realmente está acontecendo em Honduras, acesse aqui a rádio Globo na internet.

O fim do PiG se aproxima.

O Presidente Lula desistiu de esperar as empresas privadas para construir a maior rede de banda larga do mundo.
Ele vai montar a auto-estrada da informação com a infra-estrutura já existente da Eletronet, Petrobrás, Furnas, Chesf e Eletronorte.
E vai investir mais ainda com o dinheiro que iria gastar, se contratasse empresas privadas.
Ou seja, o próprio Governo vai transportar a informação na banda larga.
A banda larga no Brasil hoje é para rico: é cara.
(Como a tevê a cabo, que a Globo trancou, para não canibalizar a TV Globo na rede aberta.)
A banda larga agora vai ser barata.
Até preto, pobre e p … vão ter acesso, como diria aquela insigne advogado do Daniel Dantas , o Dr Torón.
Clique aqui para ler Lula vinga Brizola sobre o “voto impresso” e sobre a liberdade total da internet nas eleições
O fim do PiG se aproxima.
A primeira cova para abrigar os membros do PiG será construída nos jardins da embaixada do Brasil em Honduras.

Paulo Henrique Amorim
---

LULA SANCIONOU A LEI DA REFORMA ELEITORAL

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou a lei da reforma eleitoral, aprovada no último dia 16 pela Câmara dos Deputados.
Apesar de ter vetado três pontos da lei, Lula decidiu manter o voto em trânsito, que autoriza o eleitor a votar quando estiver fora de seu domicílio eleitoral, e também o voto impresso, a partir das eleições de 2014.

Os vetos foram regras de debates na internet, dedução do Imposto de Renda para emissoras de rádio e TV em relação à veiculação da propaganda eleitoral gratuita e o parcelamento de tributos.


Não adiantou a pressão sinistra de Nelson Jobim e o lobby dos amigos do senador Eduardo Azeredo: a partir de 2014 o Brasil vai poder recontar a eleição.
Brizola ganhou: agora tem o papelzinho.
Em tempo: Lula também vetou qualquer restrição ao debate eleitoral na internet. É livre.

Paulo Henrique Amorim
----

terça-feira, 29 de setembro de 2009

HOMEM-CUECA FAZ APOLOGIA DO GOLPISMO

Em outubro de 1980, quando prestava serviços à ditadura militar na qualidade de porta-voz do general-presidente João Figueiredo, o jornalista gaúcho Alexandre Garcia, no apogeu de seus 40 anos, destilava testosterona.

Na última sexta-feira, ao lado da Mulher-Jiló, o jornalista e abatedor de lebres Alexandre Garcia chegou a comparar a embaixada brasileira em Honduras a uma propriedade "invadida pelo MST".
Agora há pouco, no "Bom dia por quê?" , ele referiu-se aos recentes episódios de Tegucigalpa como "o ponto mais baixo da diplomacia brasileira".
Registre-se que, quando o assunto é golpe, Alexandre Garcia fala de cátedra.
Devotado lacaio da ditadura militar brasileira, Garcia tem uma grande folha de serviços prestados aos golpistas de seu próprio país, tendo se notabilizado como sabujo no tempo do General Figueiredo, de quem foi confidente e leal porta-voz.
---

A BLINDAGEM DO PIG AO PAI DO MENSALÃO

A Promotoria do Ministério Público de Minas Gerais acusou o senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG) de ter se beneficiado, quando governador (1995-1998), de um esquema de fraudes em licitações que teria causado um prejuízo de R$ 2,7 bilhões ao Estado, dinheiro que, segundo a denúncia, foi desviado para sua campanha à reeleição em 1998.
Na ação, o MP-MG pede o bloqueio dos bens de Azeredo e que ele restitua esse dinheiro aos cofres públicos. A notícia só foi publicada pela Folha de S.Paulo.
Nos demais jornalões, nenhuma palavra. Nem no Estado de Minas, de Belo Horizonte, nem no Correio Braziliense - este, jornal tradicionalmente alinhado com os tucanos. Tampouco no jornal dos Marinhos, O Globo, que tanto prima por escrachar esse tipo de notícia, desde que seja contra o governo...
---

IMBECIS E IMBECILIDADES DO PIG

MainardiMartins

Não sei se vocês chegaram a ler sobre a mais recente falsificação de dossiês e seu uso inescrupuloso, inicialmente por Diogo Mainardi, posteriormente pela própria revista Veja, e reproduzido sequencialmente pelo Jornal Nacional – e outros ícones da imprensa nacional.

Não é a primeira, nem será a última vez que esse tipo de artimanha pseudo jornalística acontece no País.

O leitor deve conhecer a série de textos escritos por Luís Nassif, intitulada O caso de Veja. Se não conhece ainda, está mais do que na hora, pois trata-se de uma leitura indispensável para quem busca compreender a lógica produtiva de nossos grandes veículos de comunicação.

Na semana passada, veio a tona a informação de que é falso o dossiê envolvendo o diretor da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Victor de Souza Martins – irmão do ministro da Comunicação Social, Franklin Martins. O falso dossiê acusava Victor de Souza Martins de aumentar os royalties das prefeituras que contratavam a empresa Análise Consultoria, empresa que ele tem em sociedade com a mulher, Joseana Seabra.

Esse dossiê, para quem não lembra, ocupou durante meses a pauta dos grandes veículos. Finalmente, a mentira se torna pública.

A Polícia Federal acusa o agente federal aposentado, lotado na ANP, Wilson Ferreira Pinna, de ser o araponga que forjou o dossiê contra Victor de Souza Martins.

Para completar, o jornal Folha de S.Paulo publicou matéria do jornalista Márcio Aith, na qual dizia que Pinna era homem de confiança do presidente da ANP, Haroldo Lima, quando, em verdade, Pinna foi contratado quando a ANP era presidida pelo genro do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, David Zylbersztajn.

Leia texto completo

A IMBECILIDADE DA ÚLTIMA FLOR DO FASCIO

A julgar pela reportagem de capa da revista, a turma de Veja deveria assumir imediatamente o comando do Itamaraty ou tomar conta logo do Palácio do Planalto, que é onde as coisas são decididas.
O tema da matéria, como o leitor já deve imaginar, é a participação brasileira na crise em Honduras, onde o presidente legitimamente eleito está refugiado na embaixada brasileira enquanto o governo golpista tenta negociar alguma saída que evite a volta de Manuel Zelaya ao cargo que lhe é de direito.
Para os editores de Veja, porém, a situação é bem diversa. Ponto um: a política de relações exteriores do governo federal está errada e o Itamaraty se submeteu à lógica do presidente venezuelano Hugo Chávez.
Ponto dois: o golpe de Estado em Honduras foi uma “medida justificável”. Isso foi escrito na revista: “Houve um golpe de estado? Sim. País pequeno e pobre, Honduras foi transformada num caso exemplar do repúdio da comunidade internacional aos golpes de estado. Foi castigada com sanções econômicas e congelamento nas relações diplomáticas. Exceto por isso, o problema não era tão grande.
A medida de força foi, até certo ponto, justificável pelas leis do país. Até o momento do golpe, o maior perigo para a democracia era o presidente Manuel Zelaya.”
SIC!
---

FRASE DO DIA

"Não se pode subestimar a estupidez humana"

Do Assessor para assuntos internacionais do governo brasileiro, Marco Aurélio Garcia em relação ao golpista
hondurenho Michelleti.
----

VERDE OU LARANJA?

Marina Silva criticou ontem o Presidente Lula, que, para ela, está antecipando o debate eleitoral e o responsabilizou por ter "desencadeado de forma artificial" a campanha.
Marina afirmou que, ao adiantar as discussões sobre candidatura, se promove uma "paralisia no país". É um prejuízo para a gestão pública. É uma paralisia eleitoral.
Marina não comentou nada sobre os demais pre-candidatos. Nem sobre ela que saiu do PT para viabilizar sua candidatura.
Para Ela, só Lula está em campanha!
---

Todos os diplomas do Presidente

Em dezembro de 2002 vitorioso nas eleições Luiz Inácio Lula da Silva chorou e emocionou os presentes ao Tribunal Superior Eleitoral ao ser diplomado presidente.
Lembrou que em sua trajetória política foi acusado, muitas vezes, de não ter curso superior. “Ganho meu primeiro diploma, o diploma de presidente da República do meu país” disse em discurso que se tornou célebre.
Quando referiu-se ao “primeiro diploma” no emocionado discurso do TSE, Lula usou uma licença poética, provavelmente. Ele já acumulava 73 diplomas, em sua maioria nacionais.
Mas o mais significativo deles foi entregue a Lula em 1963, quando o futuro sindicalista recebeu certificado da escola Senai pela conclusão do curso de torneiro mecânico.
O documento foi o único a ser restaurado pela equipe de documentação histórica. A estrutura do papel foi reintegrada e o papel foi higienizado.
Oito anos mais tarde, quando deixar a Presidência, ele sairá do governo levando na mala títulos de dar inveja a qualquer PhD. Hoje, perto do sétimo ano de mandato, Lula já acumulou 263 diplomas de diversas origens.
“Quanto mais exposto ele está, mais as pessoas querem homenageá-lo”, explica Cláudio Soares Rocha, chefe da Diretoria de Documentação Histórica (DDH) da Presidência da República
---

ENQUANTO OS "OTÁRIOS" DA MÍDIA NATIVA PEGAM EM SEU PÉ....

O CARA tá virando campeão de halterotroféulismo! Os Otários da Globo batem e a presidencia lastra.

Lula receberá Prêmio Chatham House 2009

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai receber o prestigioso Prêmio Chatham House 2009 por sua contribuição à “estabilidade e integração na América Latina e por seu papel na resolução de crises regionais”, informou o centro de estudos britânico.
Lula receberá o prêmio em uma cerimônia prevista na capital britânica no próximo dia 5 de novembro, segundo o centro, que recompensa anualmente a figura política que fez “a contribuição mais significativa para a melhoria das relações internacionais no ano anterior”.
Leia mais »

Mais um premio!
Lula é homenageado pela Associação Internacional de Radiodifusão.
Presidente foi considerado como um exemplo para América Latina.
Motivo é o trabalho em defesa da liberdade de expressão.

O presidente Lula recebeu uma homenagem da Associação Internacional de Radiodifusão pelo trabalho em defesa da liberdade de expressão. A associação representa 17 mil emissoras de rádio e TV na Europa e nas três Américas. Lula recebeu uma placa, como exemplo para América Latina.
---

ALEXANDRE PADILHA É EMPOSSADO

Três espécies diferentes de peixes amazônicos foram servidas ontem (28), no jantar pós-posse do novo ministro Alexandre Padilha
(Relações Institucionais): tambaqui, tucunaré e pirarucu.
Todos comprados em Santarém e, no tradicional isopor, repatriados para Brasília na noite de sábado, em voo da TAM.
A sobremesa servida também foi do tipo made in Santarém: cupuaçu e sorvetes regionais da sorveteria Vista Alegre.
Todos os pratos servidos – do Tambaqui à Vitória Régia ao Flan de Cupuaçu – tiveram a assinatura da chef do restaurante Nossa Casa, Márcia Melo, também repatriada para o Planalto Central pelos santarenos que ofereceram o jantar ao ministro Padilha.
Não sobrou nada.

extraído do Blog do Jeso

---

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

A ÚLTIMA DE ZÉ PEDÁGIO

Saiu no Estadão Online:
Para Serra, abrigar Zelaya em embaixada é ‘trapalhada’

SÃO PAULO – O governador de São Paulo, José Serra chamou hoje de “trapalhada” a decisão do governo federal de abrigar na Embaixada do Brasil em Tegucigalpa o presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya. Para o governador, a permanência de Zelaya na embaixada não é um asilo político.

“Acho que o Itamaraty se meteu em uma trapalhada que não vai ser fácil desfazer, mas espero que consiga”, disse Serra, após inaugurar uma Escola Técnica Estadual na zona sul da capital. “O que tem lá não é um asilo, é uma trapalhada.”

Zé Pedágio criticaria o Brasil de qualquer forma.
Se o Brasil deixasse o presidente constitucionalmente eleito Zelaya morrer na porta da embaixada brasileira, Zé Pedágio diria que foi uma “trapalhada”.
Como o governo brasileiro respeitou as regras internacionais e acolheu Zelaya, Zé Pedágio diz que foi uma “trapalhada”.
Com essa opinião, Zé Pedágio, que fugiu do Brasil para o Chile – clique aqui para ler o que diz o Emir Sader – considera que o presidente Allende deveria impedir que ele entrasse no Chile e entregá-lo às mãos generosas dos pinochetistas.
O Zé Pedágio não sabe do que fala.
Ele quer meter a colher no que supõe será o fracasso da diplomacia brasileira.
Como o Zé Pedágio o PiG preferiu a “diplomacia da dependência” do FHC.
Isso não é assunto para governador de estado.
Ele devia estar preocupado é com a volta para casa do trabalhador paulistano, nesse dia de chuva, em que não pode, sequer, usar o metrô à vontade – clique aqui para ler Serra vai proibir pobre de usar o metrô.

Paulo Henrique Amorim
---

CHARGE

Um troglodita que atende por Puccinelli

Não sei se o leitor sabe, mas o governador de Mato Grosso do Sul chama-se André Puccinelli. Um sujeito a que faz pose de boa praça e moderninho, mas que no fundo é mais um truculento queridinho da doce mídia tupiniquim.
Hoje o sujeito, que pode ter sua honra medida pelas suas próprias palavras, atacou o ministro do meio ambiente Carlos Minc por discordar de medidas anunciadas por ele em relação a limites para a plantação de cana em seu estado.
Qual o ataque do governador? Chamar o ministro de veado e maconheiro.
É impressionante como a homofobia é algo que não tem limites no Brasil. Até para discordar politicamente de alguém não existe nada mais ofensivo, na visão de certo trogloditismo, do que chamar o outro de veado. Maconheiro nesse caso é só a azeitona na empadinha.
Mas a declaração de Puccinelli é ainda mais escrota. O excelentíssimo governador “brinca” com o crime do estupro. Diz que se o ministro viesse a participar de uma mini-maratona no estado ele “o alcançaria e o estupraria em praça pública".
Indagado sobre o conteúdo das declarações, afirmou que tinha dito “tudo em tom de brincadeira”. Muito engraçado.
Brincadeira mesmo é a reação da nossa doce mídia. Onde a notícia saiu foi publicada sem destaque e indignação alguma.
O movimento GLBT precisa se manifestar urgentemente. Fazer algo exemplar em relação a esse caso para que nunca mais um político arrisque “brincar” com algo tão sério quanto o preconceito homofóbico. E algo tão violento como o estupro.

Nojento.
----

O Brasil não é mais FHC...

O presidente do PT, Ricardo Berzoini, que concedeu entrevista para a Fórum que está chegando às bancas, acaba de postar uma frase no twitter que merece registro.
Para comentar a participação de Lula na ONU, cravou: "Sorry, tucanada, mas o Brasil não é mais FHC (Fraco, Hesitante e Covarde)".
O Brasil não é mais Fraco, Hesitante e Covarde renderia umas boas camisetas na minha época de movimento estudantil.
Pra constar: o endereço de Berzoini no twitter é @ricardoberzoini,
---

PIADAS GLOBAIS

Ali Kamel o Astro do Jornalismo Globo que com suas performances
quando ator pornô seduziu multidões

O Presidente Lula afirmou há alguns dias à coluna de Mônica Bergamo que candidatos com pouco tempo de TV têm poucas chances eleitorais. "A não ser que aconteça como em 1989, quando a TV Globo apoiou o Collor", disse Lula.
Questionado por Mônica sobre a fala do Presidente, o jornalista Ali Kamel ator pornô, diretor da Central Globo de Jornalismo, afirma que "a TV Globo, em seu noticiário, jamais apoiou candidato algum, nem jamais vai apoiar".
Kamel mentiu
Esse sujeito é mal intencionado mesmo. Quer repetir essas desculpas para ver se ele mesmo acredita nelas.
Em 2006, a Globo constrangeu o Lula mostrando acintosamente, o tempo todo, a cadeira vazia com seu nome no debate. O Lula estava no seu direito de não ir. Assim como o Fernando Henrique não foi ao debate contra Lula em 1998, mas a Globo não fez a mesma coisa com ele. Por que ? Com certeza, a Globo levou esta eleição para o 2º turno.
---

O Golpista Micheletti tira do ar rádio e Tv de Oposição

O governo golpista de Honduras fechou a emissora de rádio Globo e o Canal 36, em Tegucigalpa, para impedir as suas transmissões.
Ambos de oposição ao governo golpista de Roberto Micheletti, eram os únicos meios de comunicação de que dispunha o presidente legítimo de Honduras, Miguel Zelaya, para falar com o povo hondurenho.
No domingo, por decreto, o governo suspendeu durante 45 dias as garantias constitucionais. A medida restringe as liberdades de circulação e expressão, e proíbe as reuniões públicas, entre outras medidas.
Cerca de 20 pessoas das forças de segurança tomaram o edifício da emissora .
Os militares não apenas tiraram do ar a rádio Globo e o Canal 36 como retiraram suas antenas de transmissão.
---

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

G20 substitui G7 como fórum econômico permanente

O presidente dos EUA, Barack Obama, vai anunciar nesta sexta-feira que o outrora clube de elite das nações ricas e industrializadas, conhecido como o Grupo dos 7, será permanentemente substituído como fórum global para a política econômica por outro mais amplo, o Grupo dos 20, que inclui China, Brasil, Índia e outras economias em expansão de países em desenvolvimento, disseram os funcionários do governo.
O movimento destaca a crescente importância econômica da Ásia e alguns países latino-americanos, sobretudo porque os Estados Unidos e muitas nações européias tiveram seus sistemas bancários mutilados pela crise econômica originada pelos excessos no mercado hipotecário norte-
americano.

Clique aqui
---

Vocês vão acreditar num golpista ou em mim?

“Vocês vão ter que acreditar num golpista ou em mim”, disse o presidente Lula, em Pittsburgh, pouco antes de partir rumo ao jantar oferecido pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, para os chefes de Estado e de governo que participam da reunião do G20, que está sendo realizada na cidade americana.
A declaração é uma resposta ao comunicado emitido nesta quinta-feira pelo ministério das Relações Exteriores do governo interino de Honduras no qual afirma que houve “uma evidente intromissão do governo do senhor Lula da Silva nos assuntos internos de Honduras ao acolher Zelaya”.
Ao ser indagado pelos repórteres se poderia falar sobre a crise em Honduras, Lula respondeu, pouco antes de entrar na limousine que o levaria ao jantar com os chefes de Estado, o presidente afirmou: “Deixa o presidente golpista sair”.
---

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

“O mais popular político da terra”

Da Revista Newsweek desta semana

clique aqui

MALABARISMO GLOBOPE

Informa a “colonista” Mônica Bergamo, na pág. E2 da Folha que o engenheiro civil Zé Pedágio, antes conhecido como “economista competente”, reuniu seu Estado Maior para analisar a pesquisa do Globope, em que ele caiu 4 pontos percentuais e hoje está mais perto dos 20 do que dos 40 pontos.

O engenheiro civil da USP deveria estar mesmo muito preocupado.

Como já se viu na última pesquisa do Data-da-Folha – clique aqui para ler – esse duopólio de agências de pesquisa manipula a amostra.

No caso deste último Globope, a situação do engenheiro civil é mais grave ainda.

Porque o Globope inchou a população universitária.

O Globope fez a pesquisa no Cebrap (financiado pela CIA).

Na Politécnica da USP, onde o engenheiro se tornou engenheiro para efeitos de currículo.

Ouviu pessoas na Universidade do Chile.

Na Universidade de Cornell, onde ele tirou, em dois anos, cursos de Mestrado e Doutorado.

E entrevistou pessoas na Universidade de Princeton, onde o engenheiro civil deu Aulas Magnas que estão preservadas em mármore para que o tempo não as apague.

Clique aqui para ler quantos diplomas tem o Serra

E aqui para ler sobre o naufrágio dele, nas doutas palavras do meu colega Luis Nassif

A pesquisa do Globobe só não é pior do que a do Data-da-Folha, que tem mania de entrevistar as pessoas na rua Rio de Janeiro, em Higienópolis, em São Paulo.

Amigo navegante, acompanhe abaixo como Flavio Luiz desmancha o Globope.

Uma “Proconsult” para tirar votos da Dilma e dar à Marina Silva.

É o “fator Delta”, que o Ali Kamel conhece muito bem.

Zé Pedágio deve estar em pânico.

Imagine se o Globope fosse a Heliópolis …

Paulo Henrique Amorim

A Globo é sempre a favor do golpe

Ali Kamel e Bocardi: será que o passaporte deles é brasileiro?

Na campanha para desacreditar a vitoriosa diplomacia brasileira, o jornal nacional entrevistou uma brasileira que mora em Honduras e diz é hostilizada pelos hondurenhos.
É uma espécie de cubana em Miami.
Para completar, a cobertura parcial e anti-brasileira teve participação, invarivavelmente medíocre e serviçal, do correspondente Rodrigo Bocardi, que não domina a língua inglesa.
Ele tentou provar que o presidente Lula não tem estatura para influir na crise hondurenha.
A Globo é sempre a favor do golpe.
Em Honduras e no Brasil.
A Globo é contra o Brasil.

Paulo Henrique Amorim


Clique aqui para ver a cobertura anti-brasileira.
---

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Zelaya, de volta, agradece ao povo hondurenho e a Lula

O presidente de Honduras, que voltou ao país nesta segunda-feira, surpreendendo o governo golpista, agradeceu ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, por o ter acolhido na embaixada brasileira em Tegucigalpa.
Ele também anunciou que o secretário-geral da OEA (Organização dos Estados Americanos), José Miguel Insulza chega amanhã ao país para apoiar seu regresso ao poder.
Milhares de pessoas se concentraram diante da embaixada, em apoio a Zelaya
O presidente relatou as peripécias de seu regresso à pátria. Disse que percorreu "quase meia Honduras", ao longo de "15 horas em diferentes transportes".
"Tive colaboração, porém não posso revelá-la para que não incomodem a ninguém", comentou.

Mais Noticias

Zelaya afirma que está na embaixada brasileira em Honduras. Clique aqui.
A mulher de Zelaya, Xiomara Castro, agradeceu ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva por dar abrigo ao presidente deposto. Clique aqui.
Lula e Obama demonstraram liderança ao condenar golpe, diz Zelaya. Clique aqui.
Ao Vivo,
na Embaixada do Brasil, em Tegucigalpa,
o Presidente Zelaya:
http://www.telesurtv.net/solotexto/senal_vivo.php
--

Ciro ensina como o homem público deve o tratar o PiG: no pau

O Conversa Afiada aceita sugestão do amigo navegante Luiz e convida os amigos a visitar o site da Band e ver como Ciro Gomes enfrentou três representantes da segunda linha do PiG (um deles sequer é audível).

Se o Governo Lula tivesse tratado o PiG, desse jeito – no pau –, desde o início, a democracia brasileira eria hoje menos poluída.
É a escola do Brizola: botar o PiG no seu lugar.
Como uns golpistas.
Que é a favor de “liberdade de imprensa” para os donos da imprensa.

Quem não viu, que veja no http://www.band.com.br/jornalismo/brasil/conteudo.asp?ID=189029
a surra que Casoy e seus miquinhos conservadores levaram do Ciro.
Há tempos não via alguém bater ao vivo nestes representantes natos da elite branca.

Olhar indiscreto

Foto de Joe Shere. Sophia Loren e Jayne Mansfield no restaurante Romanoff’s”, em Beverly Hills, EUA. 1958.

A foto ao lado foi feita durante uma viagem da atriz Sophia Loren à Hollywood em 1958.

Era uma noite de celebração no badalado restaurante “Romanoff ’s”.

Sophia sentou-se ao lado da atriz americana Jayne Mansfield.

O fotógrafo norte-americano Joe Shere estava numa mesa ao lado, de onde retratou as atrizes.

Enquanto Jayne Mansfield sorria para a foto, Sophia Loren foi imortalizada olhando para o decote dela.
A foto fez Joe Shere se tornar conhecido nos EUA.

Fonte Images&Visions

---

SELVAGERIA HUMANA



































A doce e pacata Dinamarca, não é tão doce assim. E as vezes, quando o mar se tinge de vermelho, nem sempre é devido aos efeitos lindos do por do sol.

Se deve a crueldade com que os seres humanos (ser civilizado) matam centenas dos famosos e inteligentíssimos Golfinhos Calderon.

Isso acontece ano após ano na Ilha Feroe na Dinamarca. Deste massacre participam principalmente jovens

Por que?Para demonstrar que estes mesmo jovens já chegaram a uma idade adulta, estão maduros...

Cabe mencionar que o golfinho calderon, como quase todas as outras espécies de golfinhos, se aproxima do homem unicamente para interagir e brincar em gesto de pura amizade.
Eles não morrem instantaneamente, são cortados uma ou duas vezes com ganchos grossos. Nesse momento os golfinhos produzem um som estridente bem parecido ao choro de um recém-nascido. Mas sofrem e não há compaixão até que este dócil ser se sangrar lentamente e sofra com feridas enormes até perder a consciência e morrer no seu próprio sangue.
F
inalmente estes heróis da ilha, agora são adultos racionais e direitos, já demonstraram sua maturidade.
----

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

VITÓRIA FINAL!!!

A Câmara manteve a decisão de garantir a total liberdade na internet dentro e fora do período eleitoral.
É livre a manifestação de pensamento na internet.
Como disse o ministro Carlos Ayres Britto ao derrubar a lei de imprensa: A imprensa vigia o governo; a internet vigia a imprensa; a internet tem que ter mais liberdade que a imprensa.
Como disse o deputado Miro Teixeira, ao fazer a sustentação oral, no Supremo, contra a lei da imprensa: a Constituição resolve tudo.
---

O espetáculo da irrelevância

A cada dia que passa o Senado brasileiro afunda um pouco mais na lama, e chafurda na irrelevância. A Reforma eleitoral é um exemplo disso.

Ao invés de discutir algo sério, como por exemplo a mudança para voto distrital, o Congresso (incluída a Câmara dos Deputados) se preocupou em dois temas irrelevantes e de impossível controle: a internet nas eleições e as pesquisas eleitorais.

A discussão sobre internet é irrelevante porque não faz o menor sentido. Não há possibilidade de controle, mas alguns ainda não perceberam isso.

O segundo ponto é de uma bizarrice sem tamanho. Obrigar os institutos de pesquisa a utilizarem os dados do IBGE é ridículo. O “brilhante” Senador Marcelo Crivella resolveu que os institutos de pesquisa devem utilizar as proporções de sexo, idade ou qualquer outra pelos estratos fornecidos pelo IBGE.

Como ninguém parece pensar naquele Senado, alguém precisa avisar que os institutos de pesquisa realmente erram, e que isso é normal. A tendência é que a cada 20 pesquisas, 1 apresente divergência de erro (fora da margem de erro), pois o índice de confiança é de 95%. Em outras palavras, 5% das proporções (ou candidatos) estarão fora da margem de erro.
---

Jarbas, Maciel e Sérgio Guerra juntos contra a transparência nas doações de campanha

Ali Babá e os 40.....

E por falar na representação pernambucana no Senado…
Esses três senadores (o paladino, o discretíssimo e o… deixa pra lá) votaram contra a emenda que permitiria aos eleitores saberem a lista dos doadores de cada candidato antes das eleições.
Eles e mais 36 parlamentares (veja lista completa) derrubaram a emenda e só poderemos saber quem deu o dinheiro aos políticos depois da votação.

Parabéns mesmo!

SE DEPENDESSE DO CARISMA....



Você leu a entrevista do Presidente Lula aqui?

Em entrevista ao jornal Valor Econômico, o Presidente Lula disse, que se dependesse de carisma o governador de São Paulo, José Serra não poderia ser candidato e seu antecessor, Fernando Henrique Cardoso não teria chegado ao Planalto.
Lula fez a afirmação ao ser questionado se a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, não teria dificuldade em ser candidata à Presidência da República em 2010 por não ter carisma e trânsito dentro do PT.
"Quantos políticos têm carisma no Brasil? Se dependesse de carisma, Fernando Henrique Cardoso não seria presidente. Se dependesse de carisma, José Serra não poderia nem ser candidato. Vamos devagar... carisma é uma coisa nata, que nasce dentro das pessoas. Elas podem aperfeiçoar ou não. Obviamente, que sempre é bom você ter um pouco de carisma, sempre é bom. O (ex-presidente) Jânio Quadros tinha carisma ... ficou só seis meses aqui", disse Lula ao jornal.
---

ENTREGUISMO

Três deputados federais de oposição apresentaram separadamente emendas aos projetos do pré-sal que, além de coincidirem com os interesses das grandes empresas do setor petrolífero, têm redação idêntica.
José Carlos Aleluia (DEM-BA), Eduardo Gomes (PSDB-TO) e Eduardo Sciarra (DEM-PR) sugeriram em suas emendas diversas modificações às propostas do governo, entre elas uma das bandeiras das Multinacionais do petróleo: a de que a Petrobras não seja a operadora exclusiva dos campos.
Pior de tudo é que os deputados admitem que seguiram orientação do setor.
Além dos três deputados, outras emendas que coincidem com os interesses das grandes empresas foram apresentadas por outros parlamentares, como o ruralista Ronaldo Caiado (GO), líder do DEM, e Arnaldo Jardim (PPS-SP), que presidirá uma das comissões dos projetos de um novo marco regulatório para o setor petrolífero enviados pelo governo ao Congresso.
Caiado disse que todas as suas emendas foram redigidas por sua assessoria, embora tenha dito que debateu o assunto com os setores afins.
Além do fim do monopólio da Petrobras na operação dos novos campos, o setor privado defende, entre outros pontos, a redução do poder da Petro-Sal (a estatal que gerenciaria o novo modelo) nos comitês de exploração e o fim da exigência de que a Petrobras tenha no mínimo 30% de participação em todos os novos campos.
---

A COLÔMBIA É A ULTIMA COLONIA DOS EUA NA AMERICA DO SUL

Paraguai rejeita convênio de cooperação militar com EUA

O Paraguai rejeitou um convênio de cooperação militar com os Estados Unidos que implicava a presença de 500 norte-americanos no país, por considerá-lo pouco conveniente em um cenário regional marcado por polêmicas sobre a segurança.
O presidente Fernando Lugo confirmou em entrevista coletiva que seu governo resolveu não fazer parte do exercício chamado "Novos Horizontes 2010" do Comando Sul das Forças Armadas dos EUA, um programa similar a outros implantados em anos anteriores no país.
"Seriam 500 pessoas militares e profissionais dentro do país, algo que não passa desapercebido", disse Lugo.
"Não é prudente nem conveniente neste momento e poderia ter uma repercussão de questionamentos entre os outros países irmãos do Mercosul e da Unasul", acrescentou.
A decisão acontece num momento em que os países da América do Sul discutem suas políticas de segurança em meio a uma avanço na corrida armamentista e à polêmica por um acordo militar entre Colômbia e Estados Unidos.
---

Alô, alô, Globo, Cristina Kirchner vem aí

Saiu no Globo online:

Oposição abandona votação
Deputados argentinos aprovam projeto que regulamenta meios de comunicação.

BUENOS AIRES – A Câmara de Deputados da Argentina aprovou na madrugada desta quinta-feira um projeto oficial para regular os meios de comunicação.
Depois de quase 14 horas de debate, o projeto conseguiu 146 votos a favor enquanto três legisladores votaram contra e três se abstiveram.

A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, sustenta que as reformas à atual lei dos meios de comunicação, entre elas um maior acesso para pequenos grupos e organizações não governamentais, assim como também a aplicação de restrições ao número de licenças para possuir uma empresa de comunicação, reforçará a democracia.

Mas os que criticam a iniciativa dizem que o objetivo final do projeto é golpear o poderoso conglomerado de mídia Grupo Clarín.


O Brasil foi o último país a acabar com a escravidão.
O Brasil é o único país dos que formavam a Operação Condor que não pune os militares que torturavam.
O Brasil tem uma legislação sobre comunicações que data de 1963, quando o presidente João Goulart governava.
Argentina, Uruguai e Chile criaram leis para conter o poder da Globo.
No Brasil, não se trata disso.
O PiG esconde debaixo do tapete.
Clique aqui para ler entrevista com Dênnis de Moraes
A Lei de Comunicação de Massa está na gaveta do Ministro das Comunicações desde o Sergio Motta.
Antes de morrer, Sérgio Motta disse a Fernando Henrique: não seja pequeno.
Como se sabe, ele é pequeno.
O Brasil é o único lugar do mundo em que jornalista chama patrão de colega.
Nem no México …

Paulo Henrique Amorim

---

CHARGE

Nelsinho Piquet entra no PV?

Da série “Só estou querendo ajudar”.

Depois de Paulo Skaf – clique aqui para ler – depois de Paulo Coelho – clique aqui para ler – o Conversa Afiada recomenda que o PV recrute para reforçar as hostes da Traíra II, Marina Silva, os seguintes insignes personagens da vida nacional:

Ali Kamel, aquele que escreveu um livro racista para dizer que não há racismo no Brasil e que se inscreveu recentemente na prateleira dos livros contra o presidente Lula.

Diogo Mainardi, também escritor notável, autor de romances de retumbante sucesso e de um livro que se inscreve na mesma prateleira supra citada.

José Serra, autor de copiosa obra que revolucionou o pensamento econômico contemporâneo, só comparável à do Lord Keynes – clique aqui para ler sobre o diploma de economista de José Serra.

Fernando Henrique Cardoso, autor de um livro memorável sobre a escravidão no Brasil meridional (o gaúcho Raymundo Faoro achava muita graça, porque não houve escravidão no Rio Grande do Sul), quando se utilizou do método marxista.

Elio Gaspari, autor de obra interminável que demonstra, de forma inequívoca, que Geisel e Golbery são o George Washington e o Thomas Jefferson da democracia brasileira.

William Bonner, que escreveu um livro sobre o jornal nacional, já utilizado na Columbia School of Journalism como exemplo de como no Brasil os jornalistas puxam o saco do patrão.

Nelsinho Piquet, como exemplo das melhores virtudes que compõem o caráter do povo brasileiro. E o PV não poderia perdê-lo.

Só estou querendo ajudar…

Paulo Henrique Amorim

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

MELHORAR AS PESQUISAS

O Senado aprovou na reforma eleitoral o critério proposto pelo senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), que obriga as pesquisas de opinião pública seguir os mesmos critérios de idade, gênero, nível de renda e escolaridade que a pesquisa do IBGE.

Como se sabe, o duopólio Data-da-Folha e Globope erram mais do que as previsões da urubóloga Miriam Leitão.

Os institutos de pesquisa mundialmente fabricam pesquisas com dois artifícios: a deformação da amostra e a manipulação da margem de erro.

A discussão é uma forma de lançar à luz do sol para desinfetar essa indústria tipicamente brasileira.

A PONTE ENTRE RIO NEGRO E SOLIMÕES

Não há mais como não notar a construção da maior ponte da Amazônia. Com 3.600 m de comprimento, ela está sendo erguida sobre o Rio Negro e ligará a capital amazonense à cidade vizinha de Iranduba.
Para não atrapalhar o tráfego de grandes embarcações, a ponte terá dois vãos livres de 55 metros de altura por 200 m de largura.
No meio desses dois trechos ficará um mastro de 158 metros, servindo de sustentação para cabos de aço que vão segurar a ponte.
Para permitir a passagem de grandes navios, ponte terá um trecho estaiado com dois vãos de 200 metros de largura cada um.
A obra, que custou ao governo do estado do Amazonas R$ 574 milhões, terá 74 pilares e irá consumir 14,5 mil toneladas de aço, além de 138 mil metros cúbicos de concreto – o equivalente a 25 prédios de 20 andares.
A previsão é que carros possam circular sobre a ponte em março de 2010.
----

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Maluf promete abrir o bico

Saiu na colona de Monica Bergamo, na Folha pág. E2

MALUF CONTA TUDO
O ex-prefeito Paulo Maluf diz que está escrevendo um livro-bomba para ser publicado depois de sua morte …
O ex-prefeito diz que relatará bastidores da eleição de Tancredo Neves no Colégio Eleitoral, em 1984, e da votação da emenda que permitiu a reeleição de Fernando Henrique Cardoso, em 1997.


Vai voar pena de tucano para todo lado.
Quanto custou a reeleição de FHC ?
Em termos financeiros, já se sabe: ele segurou o Real, não permitiu a desvalorização, quebrou o Brasil pela terceira vez e só se reelegeu porque o Clinton mandou o FMI abrir o cofre.
Depois de reeleito, ele desvalorizou o Real.
O Brasil ficou trancado no cofre do FMI.
E Lula ganhou a eleição, com uma surra em cima do Zé Pedágio.
Agora, o Maluf pode preencher os espaços em branco dessa história.

Paulo Henrique Amorim
----

Brasil cria 242 mil vagas com carteira assinada em agosto





Número ficou bem acima do antecipado pelo presidente Lula, que mencionou 150 mil em
pregos gerados.

In memoriam Patrick Swayze

video

VENCEMOS

O Pai do Mensalão Eduardo Azeredo e seu comparsa do Dem...apanharam

O plenário do Senado acaba de aprovar acordo que garante liberdade irrestrita para o uso da internet nas eleições. O acordo envolveu o senadores Aloizio Mercadante (PT-SP) e os relatores do projeto de reforma eleitoral no Senado, Marco Maciel (DEM-PE) e Eduardo Azeredo (PSDB-MG).
Azeredo e Maciel retiraram do texto-base as restrições impostas aos veículos de internet com conteúdo jornalístico. Ficou acertado, contudo, que o texto manterá garantias de direito de resposta e impedirá a veiculação de material que não tenha autoria definida.
No início da noite, o plenário do Senado chegou a votar favoravelmente a emenda 71, de autoria do senador Álvaro Dias (PSDB-PR), que libera a internet nas eleições, sem nenhum tipo de tipo de restrição legal. Posteriormente, os senadores decidiram votar pelo texto dos relatores, baseados no entendimento de que Azeredo e Maciel desistiram das restrições à internet. Não haveria, portanto, necessidade de manter a emenda de Álvaro Dias. O projeto retornará agora à Camara dos Deputados para nova votação.
À tarde, o plenário do Senado já havia aprovado outra emenda de Mercadante, a de número 75, que determina a liberação da propaganda política gratuita, inclusive no dia da eleição, para veículos de internet (sites, blogs, redes sociais etc).
----

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Lula ironiza empáfia de FHC e do PiG

Ao discursar hoje na reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), Lula ironizou FHC, sem citá-lo, porque pensa que sabe tudo, e o PiG, porque achou que iria decretar a falência do Brasil:

Saiu no site G1:

“Hoje poderia ser afirmada aqui que acabou definitivamente a empáfia nesse país. Aquela empáfia que tinha o governante, que achava que sabia tudo, do ministro da Fazenda que fazia um pacote atrás do outro, acabou a empáfia dos empresários que achavam que o Estado não valia mais nada, e eu penso que acabou a empáfia de uma parte da imprensa que achava que achava que com suas manchetes podia criar o clima que quisesse na sociedade.

O PT ENTRA NA CAMPANHA

O PT vai reunir seu diretório nacional nesta quinta-feira para começar a analisar a criação de um Grupo de Trabalho Eleitoral (GTE) para cuidar da pré-campanha da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, à Presidência da República. São vários temas que esse grupo abordará: planejamento de captação de recursos, sistema de pesquisas pré-eleitorais, alianças nos estados.
A ideia é criar um grupo que tenha peso político, com a presença de nomes de expressão dentro das tendências partidárias e fora delas, como o ex-presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia, pelo movimento PT, e Antonio Palocci (PT-SP), que os petistas de uma forma geral estão ávidos por ver reabilitado.
Também serão chamados os ex-prefeitos de Belo Horizonte Fernando Pimentel; de Recife João Paulo; e de São Paulo Marta Suplicy, que já vinham há alguns meses cuidando dessa etapa da campanha.
A intenção do PT ao criar esse grupo é sair de dois dilemas. O primeiro é saber quem vai trabalhar de fato dentro do partido pela candidatura da ministra nessa fase.
O problema é que a maioria dos petistas está hoje voltada ao processo de eleição direta (PED), como eles se referem ao período de campanha pelo comando partidário municipal, estadual e federal.
A eleição está marcada para 22 de novembro. Ou seja, num momento em que todos os demais partidos estão se movimentando em busca de alianças para 2010, o PT estará parado cuidando do próprio umbigo.
Daí a necessidade de ter pelo menos um grupo voltado à essa missão com a ótica do PT, para não deixar que tudo seja resolvido pelo presidente Lula, no papel de magistrado que, na visão dos petistas, é capaz de deixar o próprio partido a ver navios para agradar outras agremiações, em especial, o PMDB.
----

Embaixador de Honduras é expulso de audiência da ONU

O embaixador de Honduras na sede da ONU em Genebra, José Delmer Urbizo, foi expulso hoje da audiência do Conselho de Direitos Humanos da organização, a pedido dos países da América Latina e Caribe, que argumentaram que ele não representa o Presidente deposto Manuel Zelaya, considerado o único legítimo.
Quando funcionários da ONU se aproximaram do diplomata para tirá-lo da sala de audiência, ele respondeu: "saio sozinho". Em seguida, olhou para os presentes e gritou: "eu voltarei".

CHARGE

Mensalão Tucano: Joaquim Barbosa encaminha processo para o Plenário

O ministro Joaquim Barbosa, do Supremo Tribunal Federal (STF), relator do inquérito que apura fatos relacionados ao mensalão tucano mineiro, concluiu a análise da matéria.
Conforme o andamento processual do site do Supremo Tribunal Federal, o ministro apresentou o caso para julgamento, devendo entrar em breve na pauta do Plenário.
O inquérito investiga a prática dos crimes de peculato e lavagem de dinheiro, durante a campanha para a reeleição do atual senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG) ao governo de Minas Gerais, em 1998. Caso a denúncia contra o senador seja aceita, ela passará a figurar como réu em ação penal no STF.
Em maio, Joaquim Barbosa decidiu desmembrar o inquérito. Com a decisão, apenas Azeredo será investigado no STF, cabendo à Justiça Federal em MG analisar o processo quanto ao publicitário Marcos Valério e outros investigados.
---

O PARÁ É O OITAVO ESTADO QUE MAIS INVESTE NA SAÚDE

Os Estados e as verbas para Saúde

A fonte das informações é o Ministério da Saúde. Apenas 11 dos 27 Estados cumprem a lei que determina investimentos de no mínimo 12% de recursos próprios na área da Saúde. Três Estados do Nordeste: Ceará (23º lugar), Piauí (24º) e Paraíba (25º) estão entre os cinco com os mais baixos investimentos. A surpresa maior fica por conta da classificação de Minas Gerais (26º) e do Rio Grande do Sul, em 27º lugar, o último da lista.

A DANÇA DA YEDA

“A presidente da CPI da Corrupção, Stela Farias (PT), apresentou 24 trechos de escutas telefônicas entre integrantes do suposto esquema de corrupção que desviou R$ 44 milhões dos cofres públicos gaúchos entre 2003 e 2008.
As gravações, segundo a Polícia Federal (PF), mostram as negociações para a divisão dos recursos obtidos através de fraude em exames de motorista operados pelo Detran (Departamento de Trânsito) do Rio Grande do Sul.
Os áudios, que fazem parte da ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público Federal (MPF) contra a governadora Yeda Crusius (PSDB) e mais oito aliados, foram divulgados na quarta sessão da CPI. Os documentos não estão sob segredo de Justiça. No total, foram mostrados 40 minutos de escutas.
Segundo a deputada, as gravações revelam o momento de maior movimentação entre os agentes do processo, entre os dias 4 e 30 de outubro de 2007. Uma semana depois a PF deflagrou a Operação Rodin, que prendeu 17 pessoas e desencadeou uma ampla investigação sobre a fraude do Detran.
Matéria (Áudios) Completa, ::Aqui::
---

NÃO QUER CALAR

Vocês vão dizer que acreditei em uma teoria conspiratória. Mas a pergunta que se deve fazer é: qual é o problema do TSE aderir à tese de que deve ter urnas absolutamente à prova de qualquer fraude?

É falta de dinheiro para mudar o sistema? Ou eles vão esperar a suspeita de fraude se instalar para aceitar mudança? Qual é o problema de imprimir o voto?

Se há uma dado positivo nessa teimosia, é que logo ganhará força a tese -- correta -- de que o Brasil deve ter um poder independente para organizar as eleições.

No sistema de hoje, quem organiza as eleições é quem fiscaliza e quem anuncia os resultados. É um sistema que incentiva o acobertamento de problemas:

ALCOA COMEÇA AS OPERAÇÕES EM JURUTI

Com investimento de cerca de R$3 bilhões, o projeto da ALCOA começa a operar com capacidade de produção anual de 2,6 milhões de toneladas de bauxita, minério que dá origem ao alumínio.
“Essa mina é uma conquista do Estado e de todo o Brasil.
A operação não é o fim, mas apenas o começo de um projeto que esperamos que dure décadas”. Disse Franklin L. Fede na coletiva de imprensa realizada ontem.
Com investimento de cerca de R$3 bilhões, o projeto começa a operar com capacidade de produção anual de 2,6 milhões de toneladas de bauxita, minério que dá origem ao alumínio.
A cerimônia de inauguração das instalações da mina de bauxita será hoje (terça feira 15).
Estarão prestigiando o evento o Ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, e a governadora do Estado, Ana Júlia, além do prefeito de Juruti, Henrique Gomes.
----