segunda-feira, 31 de agosto de 2009

SANTARÉM, PREFEITURA COMEÇA A RECUPERAÇÃO DA MAGALHÃES BARATA

Já iniciaram os trabalhos com a regularização da pista, que compreende a correção do nível da via e correções de base, principalmente nos trechos que são prejudicados com grandes erosões no pavimento. Os trabalhos iniciais também correspondem à limpeza e recuperação do meio-fio.
A Avenida Magalhães Barata será recapeada em toda a sua extensão, que totaliza 2.756 metros. Os trechos que não possuem meio-fio e calçada vão receber as devidas construções.

Operação tapa-buraco – Equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura (SEMINF) estão recuperando o pavimento de ruas situadas no entorno do Mercadão 2000 e na Travessa Afonso Pena. Concluídas essas vias, as equipes seguirão para a Avenida Rosa Vermelha.
Iluminação Pública – Do período de 10 a 27 de agosto deste ano, segundo relatório da Divisão da SEMINF, responsável pelos serviços de Iluminação Pública em Santarém, foram recuperados 152 pontos.
---

Um ano depois, Brasil sai da crise maior do que entrou

O Brasil saiu da turbulência global maior do que entrou.
Às vésperas do mês em que se completa um ano da crise iniciada com a concordata do Lehman Brothers, em 15 de setembro, o otimismo com o País tornou-se consensual. “O fato de que o Brasil passou tão bem pela crise tinha mesmo de instilar confiança”, diz Kenneth Rogoff, da Universidade Harvard, ex-economista-chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI).
Para Jim O’Neill, do Goldman Sachs, e criador da expressão Bric (o grupo de grandes países emergentes, Brasil, Rússia, Índia e China), “o Brasil passou por essa crise extremamente bem, e pode crescer a um ritmo de 5% nos próximos anos”.

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

RELAXE E GOZE

Lou Reed - Sad Song

video

INCLUSÃO A SAÚDE PÚBLICA NO RIO TAPAJÓS É MARCA REGISTRADA DA PARCERIA ENTRE O PROJETO SAÚDE E ALEGRIA E A PREFEITURA DE SANTARÉM

A parceria entre a prefeitura de Santarém e o Projeto Saúde e Alegria (PSA) proporcionou a moradores de comunidades da região do Tapajós, atendimentos especializados de saúde, entre eles, cirurgias oftalmológicas.
A realização da II Jornada Cirúrgica entre PSA e Secretaria Municipal de Saúde realizou aproximadamente 180 procedimentos cirúrgicos divididos em pequenas cirurgias, cirurgia geral e cirurgias oftálmicas (pterígios e cataratas), sob a supervisão do coordenador do programa de sade do PSA, Dr. Fábio Tozzi. 15 servidores da SEMSA ajudaram nos procedimentos.
A ação beneficiou moradores de 35 comunidades: Samaúma, Nova Vista, Nuquini, Tucumatuba, Boim, Rosário, São Tomé, Jaca, Paranápixuna, Jatequara, Jauarituba, Muratuba, Paricatuba, Surucuá, Vista Alegre do Muratuba, Parauá, Pajurá, Limãotuba, Cabeceira do Amorim, Enseada do Amorim, Vila Amorim, Ukena, Mapiri, Suruacá, Vista Alegre do Capixauã, Capixauã, Anumã, Carão, Solimões, Pedra Branca, Anumã, Santi, Maripá, Curipatá e Vila Franca.
O Secretário de Saúde de Santarém José Antônio Rocha acompanhou alguns procedimentos e declarou “Com essas ações descentralizadas, temos a oportunidade de atingir com nossos serviços um maior número de pessoas.
A melhoria da qualidade de vida da população do interior faz parte de nossa meta”, afirmou José Antônio Rocha.
---

Everardo Maciel, ex-secretário dos tucanos, diz a Bob Fernandes: caso Dilma/Lina "é farsa, é factóide"

Everardo Maciel foi secretário da Receita de Fernando Henrique Cardoso por oito anos. Só que ele não fuma maconha estragada.
E, por isso, é capaz de qualificar o caso Dilma/Lina como ele realmente é: "uma farsa, um factóide".
Everardo deu essa declaração em entrevista a Bob Fernandes, no Terra Magazine.
E agora? A imprensa serrista é mais realista que o rei. Até o cara que comandou a Receita na época dos tucanos acha que a mídia está forçando a barra. O Suplicy vai mostrar cartão vermelho pra "Folha"? Ou a maconha estragada do Suplicy só funciona quando é para aparecer nos jornais?

Confira a entrevista do Everardo...
http://terramagazine.terra.com.br/interna/0,,OI3941664-EI6578,00-Everardo+Casos+Petrobras+DilmaLina+sao+farsa.html)
---

O PIG não noticiou a denuncia de Anistia Internacional contra o ataque de Serra aos pobres de São Paulo

“Ação urgente: população civil, direitos economicos, sociais e culturais, o direito de ter moradias dignas, Brasil.

800 famílias foram tiradas à força de terreno particular na região sul de São Paulo no dia 14 de agosto.
Mais de 500 familias, inclusive velhos e bebês de um mês dormiam com, apenas, uma capa de plástico por cima.”
---

CHARGE

STF rejeita denuncia contra Palocci

O STF rejeitou um pedido da Procuradoria Geral da República para que fosse aberto processo criminal contra Palocci.
A maioria dos ministros seguiu o voto do relator do inquérito no STF, o presidente do tribunal, Gilmar Mendes. Segundo ele, não existiam no inquérito elementos que comprovassem a participação de Palocci na quebra do sigilo.
Livre de entraves na esfera criminal, Palocci ainda é alvo de dez ações civis por supostos atos de improbidade administrativa cometidos quando era prefeito de Ribeirão Preto.
A absolvição d e Antônio Palocci altera o jogo político em São Paulo.
Com o apoio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que comemorou ontem a decisão do STF, Palocci trabalha para ser candidato à sucessão do governador José Serra (PSDB), em 2010. Lula avalia que a alternativa resolve, de uma só tacada, o problema do PT e do governo. Palocci é o único nome de expressão para lançar no maior colégio eleitoral e o Planalto se preocupa com a montagem de um palanque forte para a campanha presidencial da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff.
---

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

CHARGE

Por Ciro Botelho do site www.eramosseis.com.br

Suplício é ouvir um discurso do Suplicy!

O Suplicy mostrou um cartão vermelho pro Sarney. Agooooora? Depois que todas as denúncias foram arquivadas? Efeito Retardado! É o “Fora Sarney” com trezentos dias de atraso! O senador Suplicy é tão devagar que se der uma tartaruga pra ele tomar conta, a tartaruga escapa.

E vocês viram que cena ridícula? Totalmente fora de contexto! Só faltou o Suplicy pedir o impeachment do Collor. Sinceramente, eu acho que o Suplicy não existe, ele é um PERSONAGEM DE FICÇÃO! Ou como disse o meu vizinho: “O Suplicy tá confundindo caçarola de assar leitão com Carolina de Sá Leitão”. Aliás, o Suplicy é tão goiaba que quando vai ao zoológico, os macacos é que jogam amendoim pra ele.

HUGO CHAVES VOLTA A ATACAR

O PIG nativo teve que destacar a vitória da venezuelana Stefania Fernandez no concurso Miss Universo 2009.

Pior, uma venezuelana havia ganho o concurso ano passado.

Pior ainda, duas brasileiras concorriam no certame de 2009: Larissa Costa, Miss Brasil 2009, e Mariana Valente, que competiu pelo Canadá.

Ou seja, o Brasil foi duplamente humilhado, nós que não vencemos desde 1968!

Isso aí o Lula não vê, só fica reclamando de bases militares americanas na Colômbia!

Brasiu..iu...iu...iu.....

----


40 HORAS JÁ!!

A diminuição da jornada de trabalho é atualmente o assunto mais importante em discussão no decadente Congresso Nacional.
Enquanto todos se engalfinham em bobogens como as palavras de Lina Vieira, a redução da jornada de trabalho para 40 horas pode representar um passo importante nas mudanças “da produção”.
É inegável o aumento agressivo na produtividade nos últimos 21 anos (desde a Constituição de 88), mas os trabalhadores de uma forma geral não tiveram este ganho de produtividade incorporados aos salários de forma proporcional.
Claro que o mercado de trabalho mudou muito nos últimos anos. O setor de serviços teve aumento substancial nas vagas, substituindo o setor industrial, mais sensível às mudanças tecnológicas. Mas mesmo assim a produtividade média aumentou muito acima da renda das pessoas.
O argumento dos empresários para barrar a diminuição da jornada de trabalho é de aumento no preço, e queda na eficiência. Claro que o mercado vai se adequar, mas as pessoas não podem ficar “observando” de camarote ao aumento da eficiência ao longo dos anos, sem que isso represente um benefício. E no momento o benefício mais visível é a diminuição das horas trabalhadas.
Quanto ao aumento de preços, este se ajustará no médio prazo. O possível aumento (ainda não estimado corretamente) no nível de emprego justifica a adequação no mercado.

Na Europa a jornada de trabalho já é de 36 horas!
40 horas já!
---

PALOCCI A SORTE ESTÁ LANÇADA...

Começou a sessão do STF que vai acatar ou não a denúncia do MPF contra Antônio Palocci no que se refere a quebra do sigilo bancário do caseiro Francenildo Costa, que assiste a sessão.

No momento, o relator Gilmar Mendes lê uma questão de ordem sobre a questão.

"Assista ao vivo, na TV Justiça, o julgamento do caso Palocci"

----

Uma omissão imperdoável do PIG ao nào falar sobre as manobras do narco-presidente da Colômbia, Álvaro Uribe para obter a segunda reeleição (um terceiro mandato).
O narco-presidente já obteve aprovação do Senado para realizar o plebiscito sobre essa sua segunda reeleição. A medida tramita agora na Câmara dos Representantes e depois precisa passar pela Corte Constitucional.
Uribe, que já tem quase a metade dos integrantes de seu governo e aliados processada, condenada e até presa por acusações de campanhas financiadas pelo narcotráfico e de envolvimento com paramilitares, começou a ser investigado pela Procuradoria-Geral colombiana, pela acusação de que comprou votos para aprovar a emenda da sua reeleição.
"Uribe não é o primeiro líder latino-americano a mudar a Constituição para permanecer no poder", diz o Estadão hoje, relacionando a seguir outros que já o fizeram no continente, como os presidente da Venezuela, Hugo Chávez, da Bolívia, Evo Morales, e do Equador, Rafael Corrêa.
Só que para o PIG os demais presidentes eram golpistas, enquanto Uribe um santo!!
---

Zé Pedágio "banca" a editora Abril (de novo)

Olha como e onde o Governador Zé Pedágio gasta o dinheiro dos pedágios extorquidos aos automobilistas em São Paulo.
---

Lula defende software livre

“Na abertura do Congresso Internacional de Software Livre e Governo Eletrônico, o presidente Lula destacou que o software livre tem sido uma importante ferramenta para a democratização.
Lula contou que tinha certo preconceito em estimular o ensino de crianças por meio do computador, pois temia que a máquina inibisse os relacionamentos sociais. Porém, afirmou ter mudado de opinião ao conhecer um programa de inclusão digital no Rio de Janeiro. De acordo com Lula, as crianças passaram a ter mais interesse pelos estudos e a evasão escolar caiu na região.
“Eu perguntei para as crianças: 'O que esse computador modificou na sua vida?' A resposta era uma só. Ele permite que a gente possa pesquisar mais e a gente aprendeu a gostar de ler. A meninada toma conta do computador como se tivesse tomando conta de uma coisa sagrada”, disse Lula.
De acordo com o presidente, desde que o governo adotou o software livre, já economizou R$ 370 milhões com a compra de programas de computador e aplicativos. As Forças Armadas, Caixa Econômica Social e Banco do Brasil são alguns que já aderiram ao uso do software aberto.
O Ministério da Educação já distribuiu 400 mil computadores. Até 2010, a meta é distribuir 800 mil computadores, atendendo 93% dos alunos da rede pública de ensino.
O congresso internacional será realizado nos próximos dois dias em Brasília e reunirá mais de 4 mil pessoas.”
---

Governo Lula: Aposentadorias serão reajustadas com base no crescimento do PIB

Essa é uma reforma importante do sistema de seguridade social do Brasil.
Os aposentados que ganham um salário mínimo (16 milhões de famílias) já tem o reajuste da inflação.
Agora, também os que ganham acima do salário mínimo terão reajuste acima da inflação, ou seja, aumento real.
Enquanto o PiG ignora a matéria, vamos ver se a oposição derruba isso no Congresso.
Vamos ver se o Arthur Virgílio Cardoso, que já tirou o leite das crianças (com o fim da CPMF) tira agora o mingau dos velhinhos.O Sérgio Guerra, o Tasso “tenho jatinho porque posso” Jereissati, o Heráclito Fortes, líder da Bancada Dantas no Senado, o Eduardo Azeredo, o do mensalão tucano, Agripino Maia, Espírito Santo de orelha da Dra Lina – essa turma feroz, que vai se candidatar à reeleição ano que vem, vamos ver se eles votam contra os aposentados.
As crianças que tomaram menos remédio por causa do fim da CPMF não votam.
Os velhinhos votam.

Paulo Henrique Amorim
----

FOTOS HISTÓRICAS

Foto de Carl Mydans. Passageiros de um trem lêem os jornais com a manchete “O presidente Kennedy está morto”.
22 de Novembro de 1963

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

CHARGE

XEQUE MATA NO PIG E NA MÍDIA?

Esse está fazendo um download no Brasil...

Depois de 10 anos em funcionamento na Europa, finalmente o Brasil regulamentou a oferta de internet por meio da rede elétrica. A tecnologia conhecida como Power Line Communications (PLC) foi aprovada, ontem, pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).
É um grande passo para democratizar o acesso à internet no país, já que 95% dos lares brasileiros têm eletricidade instalada (mesmo que muitos não possam pagá-la).
O segredo do PLC é que ele transmite dados (podendo transmitir também voz e sinais de TV) na casa dos MegaHertz (entre 1,7 e 30). Já a energia elétrica é transmitida numa frequência inferior (entre 50 e 60 Hertz). Isso possibilita que os dois sinais convivam em harmonia num mesmo fio de cobre.
O PLC permite transmissão de dados até 40 Megabites por segundo. Na Europa, ela é atualmente de 4,5 Mbps, mas deve chegar a 14 Mbps até o final do ano. Já é muito melhor que lixo de conexão oferecido hoje pela rede de telefonia no Brasil.
As regras aprovadas pelas agências reguladoras devem, obrigar as concessionárias de energia a ofertar suas redes em leilões públicos, não podendo tomar para si o novo negócio. Em troca, ficarão com 10% do lucro obtido com o serviço. Os outros 90% do lucro devem ser revertidos para a redução da tarifa de energia elétrica.
Hipoteticamente, o serviço de internet por rede elétrica deve ser mais barato. Afinal, o investimento é mínimo (apenas amplificadores de sinal a cada 3,5 quilômetros de rede) se comparado ao cabeamento telefônico ou à instalação de redes 3G.
Falei hipoteticamente porque nem sempre “as leis de mercado” se aplicam de forma natural no Brasil.
Mesmo assim é uma grande notícia. Em poucos anos, poderemos duplicar ou triplicar o número de residências conectadas no país. Isso significa pessoas com mais acesso à informação e à cultura. Melhor. Com mais diversidade de opiniões.

À primeira vista, pode ser um grande xeque-mate na mídia golpista e monopolizada.

---

Morre Ted Kennedy

O senador Edward M. Kennedy, conhecido como "Ted Kennedy", membro de uma das famílias mais importantes da política dos Estados Unidos e um dos mais antigos do Senado, morreu na noite da última terça-feira, aos 77 anos, vítima de um tumor no cérebro.
Sua morte marca o fim de uma dinastia política. Ted Kennedy foi o único dos quatro irmãos (no total eram nove), que morreu de causas naturais. O presidente John Kennedy e o senador Bob Kennedy foram assassinados nos anos 60 e o irmão mais velho, Joseph, morreu na Segunda Guerra Mundial. Ted, no entanto, construiu sua própria mitologia.
Ele era um ícone liberal, um leão do Senado, uma instituição tão desacreditada em tantas partes do mundo, mas que a ela Kennedy conferiu dignidade.
Em quase cinco décadas no Senado, o caçula Kennedy foi o pai de leis que afetaram milhões de americanos nos campos dos direitos civis, educação, assistência social e saúde. Assim, talvez ele tenha deixado um legado de conquistas efetivas mais substancial do que qualquer um no clã Kennedy.

---

Lula reafirma a ”marolinha” e cobra desculpas

Confiante de que acertou ao dizer que o Brasil estava pronto para o “espetáculo do crescimento” e que a crise econômica passaria pelo Brasil como uma “marolinha”, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva cobrou ontem um pedido de desculpas dos que o criticaram.
“Eu me lembro, como se fosse hoje, que fui na Ford em julho ou agosto de 2003, quando citei a frase do espetáculo do crescimento. Ninguém nunca me pediu desculpas. Eu também não quero mais”, ironizou.
Em São Bernardo do Campo, onde participou de um debate sobre o impacto da crise na região, Lula disse ter enxergado o potencial do País na época. O mesmo, destacou o presidente, ocorreu quando procurou fazer uma avaliação do impacto que a atual crise poderia ter na economia brasileira. “Quando nós dizíamos que era marolinha, não é porque nós não tínhamos ideia do tamanho da crise.”
O presidente investiu no discurso de que a indústria brasileira exagerou ao reagir à eclosão da crise nos Estados Unidos, no fim do ano passado. “Não exista nenhuma razão para a brecada que demos nos meses de novembro, dezembro e janeiro.”
Sem esconder a satisfação em devolver as críticas, ele prosseguiu com as cobranças. Lembrou, por exemplo, que foi atacado por viajar demais. E ainda por ter adquirido o Aerolula. “Quando eu comprei o avião, vocês estão lembrados? É o Aerolula, o avião é do Lula, o avião é do Lula, o avião é do Lula. Uns disseram: Vamos vender e fazer dez hospitais. Hoje eu acho que o avião é pequeno.”
O entusiasmo foi tanto que Lula precisou se desculpar para a plateia quando discursava sobre seu empenho em rodar o mundo para promover produtos brasileiros. “Hoje, não tem mais esse negócio de o presidente ficar com a bunda na cadeira - desculpem o palavrão - achando que as pessoas vão vir aqui comprar”, disse.
Lula lembrou as inúmeras vezes em que foi retratado em charges. E aproveitou a chance para alfinetar a imprensa. “Hoje eu fico orgulhoso porque não sou só eu que falo”, disse, ao exaltar as conquistas de sua administração. “É só ler. Se vocês lerem a imprensa brasileira, vão ler pouco. Mas leiam a imprensa estrangeira especializada em economia para vocês verem o que falam do Brasil a Alemanha, a França, a Espanha, a Inglaterra, os Estados Unidos, todo o mundo.”
No Brasil, entretanto, Lula disse que “uns poucos” aprenderam a “vender só desgraça”. “Mas os números desmentem qualquer invenção diabólica. Os números são irrefutáveis”, concluiu.
---

Joelmir Beting, o Aborto da BAND pregando o Golpe de Estado

PIG É HORRIVEL, AINDA MAIS QUANDO RURALISTA

video

O Brasil suíno

por Tiberio Alloggio (*)

“Minoria com complexo da maioria”. Com essas palavras o coronelzão Renan Calheiros desmascarou a oposição, num memorável embate com o coronelzinho tucano Tasso Jeressati.

Pois é, no Brasil da mídia suína, quanto mais a oposição apanha, mais parece estar ganhando. Sua prerrogativa de transformar derrotas em vitórias em seus noticiários chega a ser patética, bem parecida com aquele pugilista que, tonto e anestesiado, fica socando o ar, enquanto apanha feito um saco de pancadas.

A lente da mídia suína nos mostra um Brasil afundado na recessão econômica, dizimado pela gripe suína, assolado com a corrupção (dos outros) e, horror dos horrores, governado por um torneiro mecânico, que para piorar é petista.

Um país em crise perene, caos aéreo, febre amarela, além dos inúmeros factóides elevados a denúncias que já nem cabem nas publicações da própria mídia suína.

Um país prostrado que só ela (e José Serra claro) podem tirar do buraco.

Nunca se conformaram com a altíssima popularidade de Lula. Mas agora, o que não engolem mesmo é a ascensão nas pequisas de Dilma Rousseff, onde ela só sobe enquanto José Serra já estancou. Por isso, a tentativa quase que diária de atingi-la com factóides em cima de factóides, todos eles desmascarados.

Primeiro veio o falso dossiê anti-FHC. Depois, a denúncia da “charuteira” Denise Abreu. Em seguida a ficha falsa de terrorista fabricada pela Folha. E agora a acusação fajuta de Lina Vieira que nem soube explicar como e quando encontrou a ministra.

No meio de tudo, a “crise do Senado” debitada a José Sarney só porque apóia o Governo Lula, e de quebra, uma suposta crise do PT que estaria (mais uma vez) desabando.

Esse é o Brasil retratado diariamente pela mídia suína, um País falido, sem rumo, prontinho-prontinho para cair na mão dos DEMO-TUCANOS e dos Marinhos.

Mas há muito exagero, muita maionese. E infelizmente (por eles) a realidade é outra.

De surra em surra, (não ganham uma desde 2002) a oposição suína fica festejando. E agora, que acabou de apanhar do PMDB de Sarney continua comemorando.

O motivo de tanta felicidade (em consequência do apoio petista ao Sarney) é a saída do PT do tucanoide Flávio Arns, concomitantemente com a de Marina Silva. Fatos esses que provariam a morte do PT.

Ora, o falso moralismo chegou a tal ponto que só agora descobriu que fica feio fazer aliança com o PMDB do “oligarca malvado” José Sarney.

Mas sem alianças, o governo Lula não existiria. E com ele os avanços econômicos e sociais também não existiriam. Sem eles, o Brasil continuaria sendo aquela marolinha falida de FHC (aliado ao Sarney).

Bem que Lula e o PT poderiam ter continuado só na oposição. Mas para mudar é preciso ganhar o poder, e nesse Brasil, para vencer tem que fazer alianças. E foi o que fizeram.

Lula implementou uma política social massiva e popular, uma política externa independente, manteve o respeito aos movimentos sociais e sindicais. Enfim, realizou um governo trabalhista. Fez pouco? Menos do esperado? Talvez, mas fez muito para reduzir o passivo brasileiro de exclusão e entreguismo.

Em 2005, a mídia suína decretava a morte do PT, que acabou sendo o partido mais votado em 2006. E só um cego não vê que o PT saiu-se ainda maior das recentes eleições municipais.

Agora com um governo federal nunca tão popular, ministros com grande potencial eleitoral e um craque político como Lula, o PT está com tudo para eleger Dilma.

Os “problemas” do PT é a velha discussão dos que querem alianças mais amplas, contra os que querem restringi-las. Mas a grande maioria petista enxerga a continuação do governo Lula como prioritária, aceitando alianças mais amplas nos Estados.

É uma estratégia que bate de frente com projetos de alguns Senadores, alguns deles candidatos aos governos estaduais, ou à reeleição, que se sentem preteridos se tiverem que abrir mão do poder regional.

Esse é o eterno dilema do PT. Que a saída dos descontentes (Marina Silva e Flávio Arns) está (em parte) resolvendo, na medida que liberam espaços para a disputa nos Estados e para o Senado. O resto dos problemas o PT resolve costumeiramente em assembleias e congressos partidários.

É como disse Ciro Gomes: “Lula defende o Sarney e aguenta. Defende o Renan e aguenta. Confraterniza com Collor e aguenta”.

Enfim, quem está mesmo em crise no Brasil é a própria mídia golpista e sua representação politica demo-tucana. Que ninguém mais aguenta.

——————————————-

* É sociólogo e reside em Santarém. Escreve regularmente no blog do Jeso

MAIS UM PATETA

O espetáculo patético e constrangedor que o senador Eduardo Matarazzo Suplicy ofereceu ontem aos espectadores de televisão seria facilmente interpretado como uma manifestação de sandice.
Não é.
O senador Matarazzo há muito tempo pareceu ao Conversa Afiada um tucano infiltrado no PT.
O senador Matarazzo mal se elegeu da última vez, exatamente por causa dessa dupla militância.
Assim como o senador Aloízio Mercadante, também do PT de São Paulo, o senador Matarazzo é escravo do PiG e teme e reza pelo PUM.
O gesto de dar um “cartão vermelho” ao presidente Sarney é mais ou menos como querer expulsar o jogador depois que o jogo acabou.
A questão do presidente Sarney no Conselho de Ética do Senado acabou.
Ela sobrevive apenas no PiG.
Logo o gesto aparentemente ensandecido do senador Matarazzo é apenas uma operação de marketing no PiG.
O Mino Carta sempre me disse que o senador Matarazzo não tem nada de tolo.
Ele é sonso.
O que faz agora é o que fazem outros petistas: Cristóvam Buarque e Marina Silva.
É um traíra.
Por quê ?
Porque ele quer ter todos os benefícios de ser um Matarazzo dos trabalhadores sem lambuzar as mãos nas safadezas do PT.
Clique aqui para ler “O PiG(*) descobriu que o Sarney é o Sarney”
Além de traíra, o senador Matarazzo é incompetente.
Porque levou uma rasteira do líder da Bancada Dantas no Senado, o senador Heráclito Fortes, que articula a Língua Portuguesa com tanta dificuldade quanto o senador Matarazzo.
A diferença é que Heráclito é um provocador profissional, como demonstra, em registro histórico, a forma como desconstruiu no senado o depoimento de Daniel Dantas com o objetivo escancarado de proteger o passador de bola apanhado no ato de passar bola.
Heráclito fez o que queria o senador Matarazzo.
O malandro engoliu o parvo.
O senador Matarazzo tem ainda muito o que fazer para merecer o respeito de quem cultiva: o PiG.
Ainda falta agachar-se um pouco mais.

Paulo Henrique Amorim
----

terça-feira, 25 de agosto de 2009

A ÚLTIMA "CRISE" DA SEMANA

Agripino Maia: essa crise tem nome e sobrenome

Saiu na Folha pág. A4
“Dirigentes da Receita veem “ruptura” e entregam cargos. A decisão do grupo (doze integrantes da cúpula) provocou efeito em cascata noutros níveis da Receita, o que ameaça paralisar o Fisco.”
Saiu na primeira página do Globo
“Dirigentes se rebelam (sic) contra ingerência política na Receita.”
Saiu na primeira página do Estadão
“Mudanças provocam rebelião (sic) na Receita

Vamos ver a “rebelião”.
Vamos ver que fiscais da Receita pegam em armas e marcham rumo ao Palácio do Planalto.
Com o Rodolfo Fernandes, o Gandour e o Octavinho – clique aqui para ler “O PiG tem cara” – à frente.
Enquanto isso, amigo navegante, pare de pagar impostos para ver o que é bom para a tosse. Essa é a “crise“ da semana, sequela da “crise da Dra Lina.”.
A propósito da Dra Lina dê uma olhada em quem é o Espírito Santo de orelha dela:
LINA VIEIRA TEVE DOIS ENCONTROS COM AGRIPINO MAIA

-----

Publicidade do governo federal: por que a Globo precisa derrubar o Lula

Do Blog Conversa Afiada

O passarinho pousou na janela lá de casa e contou o seguinte:
No governo Fernando Henrique, 90% da verba publicitária do governo federal e das estatais iam para a Rede Globo.
No governo Lula, o ponto mais alto foi 70%.
No momento, a Globo fica com 52% da verba de publicidade do governo federal e das estatais.
Isso ainda é imerecido.
A Globo tem 50% da audiência e, portanto, o governo Lula deveria retirar dois pontos percentuais da verba hoje destinada à Rede Globo.
É por isso que as Organizações (?) Globo precisam desesperadamente derrubar o Presidente Lula e substitui-lo por um demo-tucano.
A fúria da Globo e do Ali Kamel se mede pela distância que vai entre 90% e 52%.

Paulo Henrique Amorim
---

CHARGE

TRUCULÊNCIA TUCANA

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra denuncia a truculência polícia e responsabiliza o governo corrupto da tucana Yeda Crusius, o Ministério Público Estadual e o Poder Judiciário pelos acontecimentos de São Gabriel, que resultaram na morte de Elton Brum com um tiro de espingarda calibre 12 pelas orrupto e tucao costas.
"Denunciamos a Governadora Yeda Crusius, hierarquicamente comandante da Brigada Militar, responsável por uma política de criminalização dos movimentos sociais e de violência contra os trabalhadores urbanos e rurais".
O agricultor sem terra Elton Brum, 44 anos, pai de dois filhos, foi morto com um tiro de espingarda calibre 12 nas costas, disparado por um homem da Brigada Militar, durante ação de despejo na fazenda Southal que deixou dezenas de feridos.
Primeira explicação da Brigada disse que Elton tinha sofrido um "mal subito".
No final da tarde, MST divulgou fotos do corpo do sem terra, comprovando que ele foi atingido pelas costas.
---

SUINIDADE

Chega até dar nojo o ranço do PIG contra a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Roussef.

É público e notório que ela enfrentou um câncer. Submeteu-se a dois tratamentos - quimioterapia e radioterapia - durante vários meses. Foram sessões e mais sessões e as últimas com seqüelas e queimaduras.

Terminado o tratamento a ministra tirou uma semana de férias.
Mas, numa mistura de covardia e falta de compostura, nossa midia trata as férias de Dilma como “blindagem política” e retirada para evitar “desgaste político”.

Tudo gerado em torno desse factóide que é a falseta do encontro dela com a ex-secretária da Receita federal, Lina Maria Vieira.
O tal encontro é uma mentira de pernas curtas já tantas vezes desmascarada!
É a furia do PIG contra a pré-candidata do PT e do presidente Lula à sua sucessão no ano que vem.
---

O POSTE DE ZÉ PEDÁGIO CAIU EM CIMA DOS POBRES NORDESTINOS

O poste de Zé Pedágio, Geraldo Kassab, prefeito de São Paulo, atacou os pobres que viviam num terreno grilado em Capão Redondo, na periferia pobre de São Paulo, a Chuíça (*) brasileira.
Os pobres foram atacados com gás lacrimogêneo e bombas de efeito moral.
Barracos foram incendiados.
Famílias tiveram que sair às pressas, com a roupa do corpo.
Como se fossem bandidos.
Não são bandidos.
São pobres nordestinos.
O poste de Zé Pedágio queria devolver a terra grilada aos donos de uma empresa que explora o transporte urbano (êpa ! êpa ! aí tem coisa !).
O poste de Zé Pedágio deu duas saídas aos pobres nordestinos: ou ir para o albergue, no Quinto dos Infernos; ou voltar para o Nordeste.
O poste de Zé Pedágio ofereceu uma passagem só de ida para o Nordeste.
Hitler faria melhor: mandava para Auschwitz.
Uma questão de estilo.
É isso: pobre nordestino tem que voltar para o nordeste.
É a tal coisa, como diria a Ariana Catanhêde – clique aqui para ler – eles não conhecem o seu lugar.

Paulo Henrique Amorim


(*) Chuíça é o que o PiG (**) de São Paulo quer que o resto do Brasil ache que São Paulo é: dinâmico como a economia Chinesa e com um IDH da Suíça.

---

A ÉTICA TUCANA

Marcone, Arthur e Tasso: a linha de frente do pudor

Saiu na Folha Online:
Oposição planeja renúncia coletiva no Conselho de Ética contra salvação de Sarney


A oposição ameaça deixar o Conselho de Ética do Senado em protesto à decisão do colegiado de arquivar os 11 processos contra o presidente da Casa, José Sarney.
O presidente do PSDB, Sérgio Guerra, disse nesta segunda-feira que o partido está disposto a retirar os senadores do órgão porque considera que o conselho não representa o pensamento de todo o Senado.

O tucano defende, além da saída do conselho, que o grupo de parlamentares contrário à presença de Sarney no cargo lance uma espécie de “pacote ético” .

Veja a íntegra do texto na Folha Online.

Paulo Henrique Amorim

Os demo-tucanos deveriam esclarecer se consideram aética a decisão do Conselho de Ética do Senado de perdoar o criminoso confesso Arthur Virgílio Cardoso, que financiou com o dinheiro do povo um funcionário que vivia na Europa e fez o povo pagar o cartão de crédito que ele não conseguiu passar num hotel em Paris.
Para os demo-tucanos o Conselho de Ética é aético quando engaveta o Sarney, mas é ético quando engaveta o Arthur Virgílio.
A proposta de um “pacote ético” deveria ser redigida e encabeçada pelo senador Marcone Perillo, com a colaboração do senador Tasso “tenho um jatinho porque posso” Jereissati, que pendurou na conta do povo o aluguel de um jatinho, quando o dele teve problemas de manutenção.
O “pacote ético” deveria ter também a assessoria especializada do Supremo Presidente do Supremo, Gilmar Dantas (**), autor, ele próprio, de um “pacto pelo Estado de Direita”.
O Presidente Supremo do Supremo conhece bem a matéria chamada “conflito de interesses”. Como demonstraram a Carta Capital e Leandro Fortes, as relações do empresário Gilmar Dantas com o presidente do Supremo Gilmar Dantas são impudicas, para dizer pouco.
Os demo-tucanos e Ele seriam capazes de promover uma revolução ética que transformaria Sodoma e Gomorra na capital do Éden.
Só falta combinar com o povo.
---

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

CHARGE

FRASE DO DIA

"Enfrentamos a ira dos poderosos que não se conformaram em perder o poder; eles sabem que aqui na Bolívia, um índio, cocaleiro e no Brasil, um metalúrgico, sindicalista estão fazendo mais do que eles fizeram em todo o século XX."

Presidente Lula ao Presidente Evo Morales, em Chimoré, Bolívia (22/08/09)

GUERRA RECORD - GLOBO

A TV Globo despenca.

A TV Globo, ao declarar guerra à TV Record, acabou dando um tiro no pé, conseguindo chamar atenção para a concorrente, e perdeu audiência.
Durante o domingo, a Record conseguiu a liderança de audiência em diversos horários.
Segundo os índices prévios da Grande São Paulo, o Domingo Espetacular chegou a vencer o Fantástico por 22 a 16 pontos.
O Reality Show "A Fazenda", superou a meta que a Record havia estabelecido: passou dos 30 pontos, chegando a 32 pontos contra 9 da Globo, a maior diferença na história da Record sobre a concorrente.
O filme “A Era do Gelo”, também ocupou a liderança isolada com 14,5 pontos.
Durante todo o Domingo, na média SP, a Record conseguiu audiência muito próxima à da Globo:
Record: 12,5
Globo: 15,9
Sbt: 8,1
Band: 2,6
RedeTv: 2,2
Cultura: 1,1
Nesta segunda, na programação matinal a Globo caiu para o terceiro lugar às 10hs. A Record atingiu o dobro da audiência da Globo no Rio de Janeiro, e quase o dobro em SP.
Record: 8,4
Sbt: 6,6
Globo: 4,8

No Rio:
Record 12,0
Sbt 9,4
Globo 6,1
O que o povo ganha com a briga dos Marinho com Macedo? Ou o que programas de entretenimento como reality show, Gugu, Faustão afeta a política nacional?
A Globo perde poder econômico, político, e capacidade de manipular eleições.
Ao dividir a audiência, dividirá também as verbas do mercado publicitário (tanto público como privado), e perderá poder econômico.
Ao ter telejornais competindo de igual para igual, perde o monopólio da "formação da opinião pública", e a capacidade de exercer lobby e manipulação política.
Fica mais complicado esconder notícias, que o concorrente levará ao ar, pois acabará perdendo mais audiência do que perdeu, quando o telespectador se dá conta que está sendo mal informado. Fica mais complicado não dar direito de resposta, pois a resposta será conseguida no concorrente.
A Globo sempre atuou em simbiose com o poder. Trocava apoio político na linha editorial por acesso privilegiado aos cofres públicos. A Globo sempre ajudou a eleger "amigos" e depois recebia seu quinhão em troca do apoio ao governo, seja através de anúncios superdimensionados (como a propaganda da SABESP em rede nacional), seja através de empréstimos generosos, concessões indevidas, facilidades nos ministérios para si, e imposição de dificuldades para a concorrência.
O esquema da Globo de simbiose com o poder federal desandou com a eleição de Lula. Ela tenta recuperar com a eleição de Serra.
Com menos audiência, e com a Record nos calcanhares, a Globo vai continuar manipulando até 2010 para tentar eleger Serra, mas terá mais dificuldade em convencer, terá que ser mais sutil, uma vez que haverá um noticiário de contraponto, com audiência de peso.
Por outro lado, por mais que a Record cresça, nunca conseguirá ter o poder que teve a Globo no passado, e por isso não corremos o risco de trocar um monopólio privado por outro.
Hoje existe a internet como fonte de informação, e a cada mes mais brasileiros ingressam na rede, e a usam com fonte de informação, reduzindo a influência da TV.
A TV digital, também criará, a médio prazo, um ambiente de diversidade de canais gratuítos semelhante às TV's por assinatura, incluindo os canais públicos e comunitários. Os movimentos socais pela democratização dos meios de comunicação, também se mobilizam e conquistam apoios oficiais no governo federal. É certo que haverá conquistas, em maior ou menor escala, dependendo da pressão popular.
---

A CASA CAIU

No Blog do Luis Nassif

A esta altura, até pela leitura da Época - que pertence ao mesmo grupo - O Globo sabe que a tal reunião entre Lina e Dilma não existiu. A Folha sabe, o Estadão sabe.
Mas a intenção do jogo não era chegar à verdade. Era mentir sistematicamente até que a pecha de mentirosa pegasse na vítima. Em plena segunda, com a trama desvendada, prosseguem mentindo.
Matéria de capa de hoje de O Globo: Dilma sai de cena para evitar desgaste

Já o senador Demóstenes Torres (DEM-GO) disse que a ministra se enfraqueceu muito com o episódio de Lina Vieira e não se sustenta mais como candidata do governo à sucessão de Lula.

- Ela mentiu muito, foi mentindo, mentindo, mentindo, e agora querem tirá-la de cena para repaginar seu currículo. Por conta dela mesma, despencou, e é irreversível. Esse remendo em pneu velho não surte efeito, tem que trocar o pneu. Se o governo não trocar de candidato, vai perder por antecipação. O brasileiro não quer um presidente mitômano - avalia.

Demóstenes é o sujeito que participou da mentira com Gilmar Mendes em torno do grampo falso da Veja.

Nosso infatigável Stanley Burburinho mostra porque falhou o golpe do factóide da reunião que não houve. Por mais que procurassem, os ilustres senadores não conseguiram encontrar um dia sequer em que houvesse brecha tanto na agenda de Dilma quanto de Lina, para embutir o tal encontro.

Como Lina viaja muito, durante os três últimos meses de 2008, em apenas sete dias coincidiu de ambas, Dilma e Lina, estarem em Brasilia. Nesses sete dias, pelo visto, não houve uma brecha para encaixar o factóide.

Por Stanley Burburinho

Estive consultando a agenda de viagens da Sra. Lina.

Acredito que a Sra. Lina e seus apoiadores estão encontrando dificuldades para arrumar uma data para o suposto encontro com a Ministra Dilma porque:

1 - No mês de dezembro/2008 (17 dias úteis), considerando os feriados e as viagens, a Sra. Lina ficou 8 dias úteis no DF:

Datas e duração das viagens:
19/12/2008 a 22/12/2008 – RN - SSDS
11/12/2008 a 15/12/2008 – RN - QSSDS
03/12/2008 a 07/12/2008 – QQSSD

Leia mais »

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Qualquer semelhança é mera coincidência

Marina Silva...Nào parece a versão soft de Heloisa Helena?

















Collor e o Iluminado....aqui não tem dúvida. Qualquer semelhança não é mera coincidência mesmo.


CHARGE

Após 16 anos, Brasil verá documentário proibido

OS SUPREMOS PRESIDENTES

Não é difícil perceber que o sonho do Ministro (?) Marco Aurélio de Mello é ser Gilmar Dantas (*).
Na verdade, o Ministro (?) Marco Aurélio é um precursor dele.
Quando presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ameaçou diversas vezes impedir a posse do Presidente Lula e desfechou no PiG uma campanha para atingir seu objetivo.
O Ministro (?) Marco Aurélio, aliás, não proclamou a vitória de Lula.
Disse que, diante dos votos a apurar, Geraldo Alckmin não poderia ser mais presidente.
Não havia dia em que Marco Aurélio de Mello não desse 897 entrevistas.
Como Ele, o Supremo Presidente, hoje.
Clique aqui para ler “Gilmar tem hubris, pode ficar louco e ter um fim trágico”
Marco Aurélio teve o seu “momento Gilmar Dantas (*)”.
Exigiu no PiG que o Planalto entregue ao PiG os registros das visitas da Dra. Lina.
Clique aqui para ler: Marido da Dra. Lina foi ministro de FHC. Como é que é ?
Saiu na Folha: “Ministro do STF cobra (sic) dados do Planalto – Marco Aurélio diz que não há razão para ocultar (sic) registros e visitas à Casa Civil; governo não pretende divulgar informação”.
É de um ridículo atroz.
Primeiro, de que adianta mostrar a ida da Dra Lina ao Planalto, se ela não sabe quando foi que teria se encontrado para sofrer a pressão que ela diz ter sofrido.
Encontro, aliás, de que não tem testemunhas nem registro.Clique aqui para ler “Ou a Dra. Lina mentiu ou prevaricou”
E se foi no dia 24 de dezembro, na Missa do Galo ?
Ou no dia 31 de dezembro às 23:59 ?
A Dra. Lina não se lembra, Ministro.
Tudo isso é para agradar o PiG.
A Folha, por exemplo, já pediu os registros.
Uma pergunta elementar: em que capítulo da Constituição se prevê que um Ministro do Supremo “cobre” alguma coisa do Executivo ?
“Cobrar”, assim, numa entrevistinha ligeirinha ao PiG?
O amigo navegante já imaginou um Ministro da Suprema Corte dos Estados Unidos dar uma entrevista ligeirinha ao New York Times, para cobrar a relação dos torturadores da Blackwater que o Bush contratou ?
“Me dá essa lista, aí, Obama !”
É isso aí, amigo navegante.
A nefanda “jestão” do Supremo Presidente Gilmar Dantas (*) deu nisso: Ministro do Supremo agora se acha.

Paulo Henrique Amorim

(*) Repare como o notável jornalista Ricardo Noblat (do Globo !) se refere a Ele

---

A casa caiu: Marido de Lina Vieira foi Ministro de FHC

Alexandre Firmino de Melo Filho, é o maridão de Lina Vieira a ex-secretaria da Receita Federal que inventou uma reunião, sem data, nem hora, com a Ministra Dilma Rousseff,

Todos viram o publicitário Alexandre Firmino dando instruções à esposa Lina Vieira, ex-secretária da Receita Federal, em seu depoimento no Senado (vídeo acima).
Os senadores Jarbas Vasconcelos e Garibaldi Alves já se reuniram com Alexandre Firmino quando ele era secretário-executivo do Ministério da Integração Regional de FHC.
Praticamente todos os senadores que eram parlamentares ou governadores do Norte e Nordeste, durante o segundo mandato de FHC, o conheciam.
Tasso Jereissati, José Agripino Maia, Mão Santa, Heráclito Fortes, Arthur Virgílio Neto, etc.
Todos o conheciam muito bem.
E todos fizeram cara de paisagem, na sessão do Senado, como se nunca o tivessem visto antes. SIC!

Em tempo:
Quem foi o gênio que nomeou Lina secretária da Receita do Governo Lula?
----


CAI A AUDIÊNCIA DA GLOBO

Durante boa parte da manhã de hoje, dados preliminares do Ibope indicam que a Record teve três vezes a audiência da Globo em função do encontro do Carlinhos, eliminado de A Fazenda, com a mãe, que ele não via há 24 anos.

A maior vítima da Globo foi a Ana Maria Braga, que vai recriar o Cansei por causa disso.

A Globo vai entrar com uma moção na Abert, vai reforçar a tropa de choque do senador Evandro Guimarães em Brasília e boicotar a Conferência de Comunicação que se realizará em dezembro em Brasília.

Como demonstra o “Dossiê Geisel” – clique aqui para ler – a Globo odeia a concorrência capitalista.

A Globo gosta de favores do governo.

Só que o governo agora é outro.

Paulo Henrique Amorim

Em tempo: O ex ator pornô Ali Kamel precisa reinventar o seu cabedal de criatividade. Seria uma boa idéia ele parar de escrever livro e começar a pensar na Globo. Isso pode acabar mal. Clique aqui para ler “A Globo chama o Lula não de anta, mas de idiota”.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

LULA DETONANDO A OPOSIÇÃO

"Uma oposição quando não tem argumento para fazer oposição, é pior do que doença que não tem cura. Porque eles ficam inventando qualquer coisa, e vale qualquer coisa para fazer ataque às pessoas"

video

O NARCO-PRESIDENTE DA COLOMBIA QUER TERCEIRO MANDATO

Na Colômbia, o narco-presidente Álvaro Uribe (maior aliado norte americano na América Latina) está proximo de conseguir aprovar a realização de um referendo que escolherá se ele pode ou não disputar um terceiro mandato.
Já no fim de seu primeiro mandato, Uribe conseguiu modificar a Constituição e se reelegeu para seu segundo mandato. Ele está no poder há 7 anos, e chegará aos 12, caso a Constituição seja alterada novamente.
A proposta de referendo foi aprovada pelos senadores e segue para a Câmara, onde será votado na semana que vem.
E o que dirão os que detratores do presidente hondurenho, Manuel Zelaya, que sofreu um golpe militar ao tentar organizar um referendo para consultar o povo sobre um possível segundo mandato?
O PIG no Brasil mostra a tua cara de pau. Quando um deputado petista sugeriu o terceiro mandato para Lula, ela acusou a manobra de golpe. Mas quando o assunto é o narco-presidente Álvaro Uribe o tratamento é outro.
----

"PV não está preparado para receber Marina Silva"

Durante a sabatina promovida pela Folha, o ministro da Cultura, Juca Ferreira (PV) comentou a possibilidade da senadora Marina Silva se candidatar à presidência em 2010. "[A possível candidatura] é legítima e positiva. A Marina é uma senadora qualificada e é um reconhecimento de sua integridade", afirmou.
O ministro ainda falou sobre o provável ingresso de Marina Silva ao Partido Verde.
"Acho que o Partido Verde é mais problemático que a Marina", afirmou o ministro, completando que o partido vive hoje "uma crise profunda". "O PV não está preparado para receber a Marina. O grande perigo é que a questão ambiental em si não é capaz de mobilizar o eleitorado. Prefiro trabalhar com a ideia de alianças".
-----

MAIS UMA GAFE DO NOBLAT

O Ricardo Noblat é o jornalista que chamou Gilmar Mendes de Gilmar Dantas.
Ato falho clássico.
Agora, num texto escrito para descer a lenha no governo Lula, Noblat comete outro ato falho: chama FHC (o sociólogo tratado como herói pela classe média brasileira) de "poste".
Confiram: "Em 1994, o Plano Real elegeria um poste presidente da República. Elegeu Fernando Henrique Cardoso, que no início daquele ano se arriscava a nem se eleger deputado federal".

A frase está no finzinho desse texto aqui - http://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2009/08/19/governo-celebra-mentira-impunidade-215341.asp.

---

ALÍ KAMEL, O PAPA DO JORNALISMO GLOBO EM FLAGRA

Alí Kamel antes de se tornar o Papa Bento XVI da Globo.

Alí Kamel, era conhecido como o Ratzinger da Globo, pela sua fidelidade à doutrina da fé de sua Igreja, ou seja, a família Marinho.
Sua fidelidade aos seus patroes foi tanta, que acabou promovido a numero 1 do pseudo-jornalismo global.

Com isso, Alí Kamel (foto ao lado) se tornou o Papa, e por isso escolheu o apelido de Bento XVI da Globo.
Mas em juventude Alí ele gostava "papar"em outro tipo de ministério.
Não percam o vídeo das aventuras de um dos mais isentos e imparciais líderes jornalísticos da luta contra Lula.
Enfim...
nosso querido Ali Kammel em uma produção de hollywood no suspense Solar das Taras Proibidas.
O Filme foi rodado nos inicio dos anos 80 e sagrou-se um clássico.


Veja ele aquí.
http://www.youtube.com/watch?v=W-8uwJw2U10


SIC!!!
---

PATETAS

Parece que o Estado do Paraná só elege senadores patetas (ou pateticos?).
Depois de Alvaro (Botox) Dias, conhecido também com "vazador". Agora é a vez do Petotucanoide Flávio Arns cair no ridículo.
O caba declarou ontem que em decorrência do voto do PT pelo arquivamento das representações contra José Sarney no Conselho de Ética, envergonha-se de estar no partido e anunciou sua desfiliação.
Mas, o caba não se envergonha do arquivamento das denúncias contra o líder da bancada do falastrão tucano Artur Virgilio! Pelo contrário, em suas declarações elevou o senador tucano a modelo de ética e de homem público!
O Senador Arns foi filiado é tucano de origem, conviveu no Paraná - e no Brasil com a aliança tucana, com o PMDB- PSDB-PFL. Falido entre os tucanos, foi eleito senador pelo PT em 2002, depois de se desfiliar do PSDB. E elegeu-se com apoio do presidente Lula.
----

O FURO DO ANO

Deu no Globo

Warley Soares, motorista que atendia Lina Vieira, exsecretária na Receita Federal, disse ontem que levou Lina diversas vezes ao Palácio do Planalto e, em determinadas ocasiões, recebeu instruções específicas para conduzi-la a reuniões na Casa Civil da Presidência da República. Assustado, ele não soube informar as datas das reuniões nem revelou detalhes que poderiam confirmar o suposto encontro de Lina com a ministra Dilma Rousseff. Mas confirmou que a entrada do carro oficial no Planalto é registrada na segurança da Presidência.

Comentário de Luis Nassif

É o furo do ano. Se O Globo continuar com essa perspicácia investigatória, descobrirá que o Ministro da Fazenda, do Planejamento, do MDIC, o Secretário do Tesouro, o presidente do Banco do Brasil, também frequentavam o Palácio do Planalto.

E, descobertas todas essas visitas, lançará a grande questão definitiva: o que esse pessoal ia fazer no Palácio do Planalto? Tenho a impressão de que iam jogar biriba com o presidente.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

VOX POPULI...BYE BYE SERRA 2010!




A IMPRENSA BRASILEIRA CONTINUA ATENTANDO CONTRA LULA E SEU GOVERNO.
ESTÁ SONEGANDO AS INFORMAÇÕES DOS INSTITUTOS DE PESQUISA
TENTANDO CRIAR UM QUADRO DE DERROTA DE DILMA ROUSSEFF.
NENHUM PORTAL, FEZ MENÇAO A PESQUISA VOX POPULI.
O ASSUNTO AGORA É A SAÍDA DO PT DA SENADORA MARINA E VERSÕES DESENCONTRADAS DA FALA DA EX- SECRETÁRIA LINA CONTRATADA PELA "OPOSIÇÃO".
---

Pensando alto...Brasil atravessa bem a crise

No artigo publicado no Terra Magazine, de Bob Fernandes, o professor Julio Gomes de Almeida, mostra como as políticas públicas do governo Lula estão ajudando o país a superar a crise econômica.
É, parece que desta vez os tucanos não vão poder dizer que os méritos do bom momento da economia nacional devem ser atribuídos ao ex-presidente FHC, aquele que quebrou o país três vezes e até hoje acredita em ter implantado os "bons fundamentos" da economia nacional...

POR TRÁS DA LINA....

O marido de Lina Vieira chama-se Alexandre Firmino.
É sócio da agência de publicidade Dois A, de Natal.
Tudo isto é fato.
Também é fato que a Dois A realizou campanhas para o senador José Agripino Maia (DEM-RN).
Dois e dois são quatro, mas em alguns casos podem também ser cinco.
Enfim, mais uma pisada de bola da oposição.

Agripino já foi esculachado publicamente por Dilma...e pelo jeito, parece que que ele gosta!
---